O Prêmio Rita

on

No último post sobre Julia Quinn (calma, voltaremos a falar dela, ainda mais com os anúncios sobre os Bridgertons na Netflix) eu mencionei que ela havia ganho o prêmio Rita. Algumas pessoas podem estar se perguntando o que é isso. O Rita é um prêmio oferecido pela Romance Writers of America, uma associação de escritores de romance americanos e ele é bem visto no seu meio. Não podemos compará-lo ao Jabuti, porque, enquanto a nossa “tartaruga” é multigênero e multi-indústria do livro, o RITA é só categoria romance.

Como alguns podem imaginar, o nome do prêmio é uma homenagem a primeira presidente dessa associação, Rita Clay Estrada, autora de romances e de não-ficção sobre escrita de romances.

Algumas categorias são: romance contemporâneo (narrativa longa, média e curta! sim, eles dividem pelo tamanho, afinal, não seria justo um calhamaço de mil páginas disputar com uma noveleta de 100 páginas!); romance de época (narrativa longa e curta), novella romântica, romance paranormal, suspense romântico, romance young adult, romance religioso ou espiritual, romance erótico (sim!), melhor primeiro livro (ou seja, o primeiro livro que aquele autor publicou, claro, tem que ser no ano da publicação) e uma categoria literalmente chamada: Mainstream Fiction with a Central Romance, que seria, mais ou menos, algo como: um livro não necessariamente romântico mas com uma alta dose de romance.

E quanto as vencedoras? Não adianta listar toooooodas, porque, como podem ver, são muitas categorias e algumas delas com sub-categorias, portanto, vou focar em alguns nomes lançados no Brasil e que ganharam o Prêmio Rita e você mesmo pode ler e tirar a sua própria conclusão a respeito da qualidade da obra.

Julia Quinn: A caminho do altar – Bridgerton 8 (2007), Histórias de um grande amor – Bevelstoke 1 (2008), O que acontece em Londres – Bevelstoke 2 (2010)

Tessa Dare: Uma noite para se entregar – Spindle Cove 1 (2012), Romance com o duque – Castles Ever After 1 (2015)

Sarah Maclean: Entre o amor e a vingança – o Clube dos Canalhas 1 (2013), Entre a ruína e a paixão – o Clube dos Canalhas 3 (2014)

Lisa Kleypas: Worth any Price (2004)

Madelaine Hunter: Stealing Heaven (2003), Lições do Desejo (2008)

Loraine Heath: Always to Remember (1997)

Loretta Chase: The Sandalwood Princess (1991), O príncipe dos canalhas (1996)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *