Livros infantojuvenis com temática LGBT

Nesse mês de outubro decidi publicar uma série de posts com referências infantis. Começarei então indicando livros infantojuvenis que abordam a homossexualidade. É de conhecimento de todos tabus que livros infantis que abordam esse tipo de tema, usam termos, imagens e conteúdo sexual para ”converter” crianças e jovens, quando a proposta é ajudar  público infantil a respeitar as demais diferenças, conviver e aceitar diferenças humanas.

Deixo a sinopse de cada um desses livros e sites de compras confiáveis. Em breve farei resenha de alguns que estão na lista, lembrando sempre que não é apenas crianças que leem livros infanto juvenil.

Olívia tem dois papais

Editora: Companhia das letrinhas

Autora: Márcia Leite

Sinopse: “Olívia é uma menina esperta, que sabe bem o que quer e tem plena noção de como usar algumas palavras para conseguir o que deseja. Quando tem de ficar sozinha enquanto os pais trabalham, ela diz que está muito “entediada”. Como não gosta de ver a filha “entediada”, papai Raul para imediatamente de trabalhar e, quando percebe, já está deitado no chão ao lado dela, brincando de filhinho e mamãe, ou cercado por um monte de bonecas. 
Para chamar a atenção de seu pai Luís, Olívia fala que está “desfalecendo”, afinal de contas, desfalecer de fome é uma coisa muito séria, e Luís é o melhor cozinheiro da família. 
“Intrigante” é outra palavra de que Olívia gosta muito, isso porque todas as coisas do mundo são muito intrigantes para ela. Olívia quer saber, por exemplo, como seu papai Raul sabe brincar de boneca e seu papai Luís cozinha tão bem. Quer saber também como vai aprender a usar maquiagem e sapatos de salto alto, se na casa dela não mora nenhuma mulher. 
A família da Olívia é um pouco diferente, e totalmente “encantadora”, outra palavra que ela adora usar.”

Para comprar: Amazon Br/Saraiva/Submarino 

Meus dois pais

Resultado de imagem para Meus dois pais

Editora: Atica

Autor: Walcyr Carrasco

Para comprar: Livraria Cultura/Amazon Br

Sinopse: “Os pais de Naldo se separam, e ele fica morando com a mãe. Depois de um tempo, seu pai passa a dividir o apartamento com Celso, um amigo que cozinha muito bem. A mãe do menino recebe uma proposta de promoção, mas precisa mudar de cidade e não quer que o menino troque de escola no meio do ano. Naldo não consegue entender muito bem por que a mãe e a avó não querem que ele fique morando com o pai. A história procura mostrar que as pessoas podem ser diferentes, porém o mais importante é ter uma família que seja amável.”

O menino que brincava de ser 

Capa

Editora: DCL Editora

Autora: Georgina da Costa Martins

Sinopse: “Ser príncipe, bruxa, tudo o que a imaginação mandar. E pelo faz de conta descobrir quem se é de fato. O livro de Georgina Martins mostra, pela inocência de Dudu, o menino que brincava de ser o que sua imaginação permitisse e a reação dos adultos, com seus julgamentos. Pinky Wainer assina as belas ilustrações com traçado infantil.”

Para comprar: Livraria Cultura

 

1 comentário Adicione o seu

  1. Nem Te Conto disse:

    Adorei o post.
    Importantíssimo que crianças aprendam, desde cedo, a conviver e respeitar as diferenças!
    http://nemteconto.org

    1. Lorena Santos disse:

      Precisamos criar crianças melhorem para não ficarem adultos preconceituosos. Obrigada pelo comentário 😍

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *