Adaptação de musical da Broadway, que por sua vez foi inspirado em clássica obra do escritor Victor Hugo. A história se passa em plena Revolução Francesa do século XIX. Jean Valjean (Hugh Jackman) rouba um pão para alimentar a irmã mais nova e acaba sendo preso por isso. Solto tempos depois, ele tentará recomeçar sua vida e se redimir. Ao mesmo tempo em que tenta fugir da perseguição do inspetor Javert (Russell Crowe).

O que falar do filme “Os Miseráveis”? Talvez a coisa mais justa a se dizer sobre esse filme é que as oito indicações do filme ao Oscar são injustas, para mim o filme mereceria ser indicado em todas as categorias, de verdade, não tem nada que possamos virar e falar que no filme não foi perfeito, “Os Miseráveis” superou em muito minhas expectativas, mostrando que não é apenas um musical, com toda certeza é o melhor filme de 2013.

Destaque em especial pelas atuações de Hugh Jackman e de Anne Hathaway, nos papeis de Jean e de Valjean e Fantine, te emocionando do começo ao fim, nesse filme Hugh Jackman mostra que é muito mais do que o Wolverine de “X-Men” e esqueça aquela Anne alegre de filmes como “O Diabo Veste Prada” e “Diário de uma Princesa”, em “Os Miseráveis”, você verá uma Anne feita para o drama, eu simplesmente chorei em TODAS as cenas que Anne aparecia, sua encenação estava impecável e se ela não levar o Oscar de melhor atriz coadjuvante esse ano, saberei que o Oscar é comprado, ela cantando “I Dreamed a Dream” é simplesmente maravilhoso, ela mostra que não é apenas uma boa atriz, mas uma excelente cantora, você consegue sentir a tristeza em sua voz só de escutar a música, não é necessário ver a interpretação, simplesmente maravilhoso.

A maquiagem está totalmente perfeita também, eu não reconheci o Hugh Jackman no inicio do filme e até agora quando vejo fotos dele no inicio do filme eu não consegui realmente vê-lo ali, ele está simplesmente irreconhecível.

Até mesmo os atores mirins dão um show de interpretação, não tem como você não amar Daniel Huttlestone como Gavroche e Isabelle Allen como Cosette criança, os dois mostram que em um filme com grandes estrelas eles também podem brilhar.

Enfim, o filme é maravilhoso, o elenco, a direção, a produção, maquiagem, todos estão de parabéns, você não vê as 2:38h de filme passar, ao chegar ao final você ainda quer mais, quer ver de novo, eu com certeza verei pelo menos mais uma vez no cinema e recomendo a todos que vejam, tenho certeza que não irão se arrepender.

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *