“Os guerreiros da luz mantêm o brilho nos olhos. Estão no mundo, fazem parte da vida de outras pessoas, e começaram suas jornadas sem alforje e sem sandálias. Muitas vezes são covardes. Nem sempre agem certo. Sofrem por coisas inúteis, têm atitudes mesquinhas e às vezes se julgam incapazes de crescer. Freqüentemente acreditam-se indignos de qualquer bênção ou milagre. Nem sempre têm certeza do que estão fazendo aqui. Muitas vezes passam noites em claro, achando que suas vidas não têm sentido. Por isso são guerreiros da luz. Porque erram. Porque se perguntam. Porque procuram uma razão? E com certeza vão encontrá-la.”

Eu li esse livro a muito tempo, foi o primeiro livro do Paulo Coelho que eu li, não sou muito fã do Paulo Coelho, mas esse livro é bom. É um tipo de manual de boas maneiras, ele te ensina a ser uma pessoa melhor e tem sempre um bom conselho para um momento de dificuldade, uma lição de vida, é legal não apenas ler esse livro, mas deixa-lo na sua mesa de cabeceira para consulta-lo, sempre que se sentir desesperado devido a alguma situação

O livro começa com um prólogo que é uma historia para introduzir o que seria o Manual do Guerreiro da Luz, sobre um menino que encontrou uma mulher muito linda que lhe falou sobre uma ilha com um templo cheio de riquezas, o garoto foi tentar ver a ilha, mas não conseguiu vê-la, alguns pescadores comentaram que realmente existira uma ilha com um templo, mas que essa não existe mais, porém os pescadores juram que conseguem ouvir os sinos do templo, o garoto passa a ir todo dia para escutar os sinos, mas nunca o ouviu, até perceber o que perdia quando ficava ali, nesse momento ele escutou os sinos.

Anos depois, quando esse já adulto volta ao lugar, ele encontra novamente a mulher que lhe traz um caderno, dizendo que ele é um Guerreiro da Luz e o que é ser um Guerreiro da Luz, ele anota o que ela fala e assim nasce o Manual do Guerreiro da Luz, a maior parte do livro são lições muito interessantes para o dia-a-dia, no final temos um epílogo, onde a história que começou no prólogo termina.

Recomendo a todos, mesmo quem não gosta de Paulo Coelho, a lerem esse livro, pois essas lições valiosas podem ajuda-los em muitos momentos da vida de vocês.

No responses yet

  1. […] Este é um livro sobre um menino que encontrou uma mulher muito linda que lhe falou sobre uma ilha com um templo cheio de riquezas, o garoto foi tentar ver a ilha, mas não conseguiu vê-la, alguns pescadores comentaram que realmente existira uma ilha com um templo, mas que essa não existe mais, porém os pescadores juram que conseguem ouvir os sinos do templo, o garoto passa a ir todo dia para escutar os sinos, mas nunca o ouviu, até perceber o que perdia quando ficava ali, nesse momento ele escutou os sinos. Anos depois, quando esse já adulto volta ao lugar, ele encontra novamente a mulher que lhe traz um caderno, dizendo que ele é um Guerreiro da Luz e o que é ser um Guerreiro da Luz, ele anota o que ela fala e assim nasce o Manual do Guerreiro da Luz, a maior parte do livro são lições muito interessantes para o dia-a-dia, no final temos um epílogo, onde a história que começou no prólogo termina. Leia mais… […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *