A Pequena Sereia

A historia do dia será A Pequena Sereia, confesso que de todas as historias essa é a que provavelmente me aterroriza mais, uma amiga minha havia me contado a muito tempo e ela, até onde eu me lembro, é a mais bizarra das historias, mais diferente também, então vamos lá a versão oficial de A Pequena Sereia.

A versão oficial, a primeira delas criado por Hans Christian Andersen, a Ariel na verdade não tem nome nessa historia, ela é conhecida como A Pequena Sereia, durante as minhas pesquisas eu encontrei fontes que afirmavam que ela tinha 2 irmãs mais velhas, em outras versões ela possui 5 irmãs mais velhas.

A Pequena Sereia é a filha do Rei dos Mares, ela passara sua vida toda no fundo do mar, subir à superficie era algo totalmente proibido até chegar aos seus 15 anos. A Pequena Sereia então fica na espera do dia que poderá subir à superficie, pois todas as suas irmãs, que já haviam subido, falam como é lindo lá em cima, A Pequena Sereia completa então 15 aqnos e ganha esse direito, ao chegar lá em cima ela vê um Navio cheio de gente, inclusive um príncipe, pelo qual ela se apaixona, amor a primeira vista. Acontece um trágico acidente no Navio e o mesmo afunda, sem pensar duas vezes A Pequena Sereia, pega o príncipe e o leva até terra firme, ao deixa-lo lá uma humana muito bonita, ao ver o príncipe desacordado, ajuda a acorda-lo, é por essa humana que o príncipe se apaixona.

Porém, A Pequena Sereia, estava muito gamada no príncipe, tão gamada que resolve ir atrás da Bruxa do Mar, implorando para essa uma forma de se tornar humana, a Bruxa lhe concede o pedido, porém ela terá alguns efeitos colaterais.

Primeiramente que para ter pernas, a Bruxa lhe dá uma faca e ela deverá cortar sua cauda de peixe para que se formem as pernas, ela também não poderá mais falar, será para sempre muda, cada passo que desse, seus pés sangrariam e ela iria sentir uma dor como se estivesse pisando em facas. E o pior, se ela não conseguisse se casar com o Príncipe, ela seria transformada em espuma do mar e morreria. Além de que ela não poderia contar a ele, de nenhuma forma, o seu sacrificio, nem que se ele não se casasse com ela ela morreria.

Aí vem o problema, pelo amor de todas as divindades existentes, como uma garota fedendo a peixe, que não pode falar, que cada vez que anda deixa pegadas de sangue, conseguirá conquistar o coração de ninguém mais do que um príncipe? Tipo Pequena Sereia, não sei se te contaram, mas a bruxa fudeu você.

Após a transformação, ela se aproxima do príncipe, ao chegar no reino, ela descobre que ele já estava prometido a uma outra mulher, a que lhe tinha salvo na praia e que ele pensa que é a sua salvadora, mesmo assim A Pequena Sereia, tenta se aproximar dele, talvez ele ficasse gamadão nela e esquecesse a outra e se casaria com ela e o príncipe passa a ama-la, mas não como uma mulher e sim como uma irmã, como ama uma criança e não uma esposa.

Ao saber disso tudo, as irmãs da Pequena Sereia, vão até a bruxa e falam para ela reverter isso, a Bruxa diz que só tem uma forma de ajuda-las, se elas derem seus cabelos para ela, mas tipo os cabeços de sereia para as sereias é como os cabelos de sansão para sansão, tipo algo muito importante para elas, então imaginem o tamanho do sacrificio delas ao concordarem e darem o cabelo para a Bruxa? Assim que elas o fazem, a Bruxa dá um punhal para elas e fala que A Pequena Sereia deverá cravar a mesma no coração do príncipe, se ela fizer isso ela terá a chance de continuar viva e voltar a ser sereia como antes.

A Pequena Sereia na hora de tentar matar o príncipe, ela acaba não conseguindo, não tem coragem, o casamento então acontece e ela cumpre o seu destino, morrendo e virando espuma do mar.

Existem algumas fontes que disseram que Hans Christian Andersen, modificou ligeiramente o final, para torna-lo mais agradável, nesse final, ao invés de morrer, quando se transforma em espuma ela se transforma em uma “filha do ar” à espera de ir para o céu. Bem, de qualquer forma ela morreu, não mudou em nada.

No responses yet

  1. Curti o post Mih! Hans Christian Andersen e os irmãos Grimm são legais por isso, conto de fadas não são sempre bonitinhos e coloridos a la Disney…
    “Tipo Pequena Sereia, não sei se te contaram, mas a bruxa fudeu você.”
    huahauhauhauhaua
    Fudeu literalmente grandão!

  2. Acredite se quiser existe uma versão em desenho desse final em que a sereia vira “filha do mar”, meu pai alugou e eu assisti quando era bem pequenininha. Nunca mais esqueci aquela merda O_O

  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Aí vem o problema, pelo amor de todas as divindades existentes, como uma garota fedendo a peixe, que não pode falar, que cada vez que anda deixa pegadas de sangue, conseguirá conquistar o coração de ninguém mais do que um príncipe? Tipo Pequena Sereia, não sei se te contaram, mas a bruxa fudeu você.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk rindo até agora

  4. falam que o escritor dessa história mudou o final para que ela virasse espuma do mar, mas na versão original, ela fica puta que não consegue se casar com o príncipe que se suicida ao pular de um penhasco 😉

  5. 🙁 Meu nome real (Melody) é o nome da Pequena Sereia buáaá´,mas como a Melody (a filha da Pequena Sereia) pode ser tão gente boa,alegre,sonhadora,como ?! mas,na boa cara,não foi muito horripilante,mas ssim,foi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *