Mulan se preparando para a batalha…

Mulan

Segundo o site Papel Pop, Disney anunciou, no último 13 de agosto em seu Twitter, que as produções do live-action de Mulan já começaram. E junto com este anuncio divulgaram a primeira imagem oficial da atriz Liu Yifei caracterizada como a querida  guerreira chinesa.

De acordo com o site da revista “The Hollywood Reporter”, a Disney visitou cinco continentes e avaliou quase mil candidatas para o papel, em busca de alguém com conhecimento de artes marciais e que soubesse falar inglês. Yifei, de 30 anos e também conhecida como Crystal Liu, é uma das atrizes mais populares da atual geração na China. Além de participar de produções do país, ela atuou em inglês em filmes americanos como “O reino proibido” (2008) e “O imperador” (2014).

Mulan

O novo “Mulan” será rodado na Nova Zelândia (aparentemente único lugar do mundo com paisagens onde filmes épicos conseguem ser rodados) e na China, segundo a revista. Niki Caro (“O zoológico de Varsóvia”) é a diretora. Dirigida por Tony Bancroft e Barry Cook, a animação tinha Ming-Na Wen (“Marvel’s Agents of shield”) na voz da guerreira e arrecadou US$ 304 milhões em bilheteria no mundo todo.

A produção, após várias controvérsias ao longo da fase de planejamento, resolveu colocar também outros artistas chineses no elenco, que além de Liu, conta com: Donnie Yen, Jason Scott Lee, Yoson Na, Utkarsh Ambudkar, Ron Yuan, Tzi Ma, Rosalind Chao, Cheng Pei-Pei, Nelson Lee, Chum Ehelepola, Gong Li e Jet Li.

As citadas controvérsias aconteceram em 2016 quando um blog divulgou um possível  roteiro especulativo teoricamente escrito por Lauren Hynek e Elizabeth Martin. No qual, o protagonista masculino de “Mulan” seria um mercador europeu de trinta e poucos anos que teria como únicas prioridades dinheiro e mulheres. O mercador iria para a China ajudar e lucrar com um surto de febre amarela e então conheceria Mulan, decidindo assim ajudar ela e o exército imperial chinês.

O assunto causou controvérsia na época, e de acordo com Vanity Fair, uma fonte ligada à Disney contou a eles que esse roteiro realmente não é o final como chegou a ser divulgado pelo estúdio: “O roteiro especualtivo foi um ponto de partida para uma nova abordagem sobre a história, que usa tanto o poema ‘A Balada de Mulan’ quanto a animação de 1998 da Disney. Mulan é e sempre será a protagonista nesta história, e todos os papéis principais, incluindo o interesse romântico, são chineses.”

O poema ao qual a nota se refere é “A Balada de Mulan”, uma lenda do folclore chinês que fala sobre a heroína Hua Mulan. Este poema foi base para o filme da Disney.

A versão com atores da animação de 1998 deve estrear apenas no começo de 2020 no Brasil. Na história original, a jovem chinesa se disfarça de homem para evitar que seu pai tenha que se juntar ao exército do país.

 


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s