[Resenha]Você

Bestseller do The New York Times, o romance de estreia de Caroline Kepnes ganhou elogios de escritores do calibre de Stephen King e Sophie Hannah, além de resenhas estreladas, e deu origem a uma série de TV homônima que estreia neste primeiro semestre nos EUA. Não é para menos. Hipnótico, assustador, brilhante são alguns dos adjetivos usados para descrever este thriller sobre um amor obsessivo e suas perigosas consequências. A trama tem início quando Guinevere Beck, que deseja ser escritora, entra na livraria do East Village onde Joe Goldberg trabalha. Bonita, inteligente e sexy, Beck ainda não sabe, mas é a mulher perfeita para Joe, que, a partir do nome impresso no cartão de crédito de sua cliente, passa a vasculhar sua vida na internet e a orquestrar uma série de eventos para garantir que ela caia em seus braços, fazendo com que tudo pareça obra do acaso. À medida que o romance entre os dois engrena, porém, o leitor descobre que Beck também guarda certos segredos e os desdobramentos desse relacionamento mutuamente obsessivo podem ser mortais.

Você é um suspense de Caroline Kepnes que conta a história de Joe Goldberg, que trabalha em uma livraria em Nova York que se apaixona por Guinevere Beck, uma jovem escritora. Sem conseguir tirar Beck da cabeça, Joe pesquisa sobre ela na internet até chegar em seus perfis em redes sociais. A perseguição, então, se intensifica, ele descobre o endereço, os nomes de suas melhores amigas e os lugares que frequentam, passando a acompanhá-las. Estudando Beck e examinando seus gostos, Joe encontra um concorrente em Benji, rapaz rico e mimado com quem ela mantém um relacionamento sem compromisso. Mas é o suficiente para que Benji entre no radar de Joe e seja colocado na lista de pessoas que precisam sair da vida de Beck.

Após observar Beck em um bar com as amigas, Joe a segue até o metrô. Bêbada, ela cai nos trilhos e ele tem a chance de ser o herói da noite. Ao deixá-la em casa, outro golpe de sorte para um stalker: ela esquece o celular no táxi. Com livre acesso às contas de Beck, Joe tem a chance de se tornar o namorado perfeito, desde que ela não descubra como ele a conhece tão bem.

Ao longo da leitura podemos perceber uma linha tênue separando um comportamento apaixonado de uma postura obsessiva, nos fazendo mergulhar na mente de Joe e acompanhar os motivos por trás das cada uma de suas atitudes.

Com um bom Thriller psicológico este livro faz com que o leitor questione sua sanidade após páginas e mais páginas de leitura, e o tipo de narrativa faz toda a diferença pois como o título já diz “Você” este é o termo que é repetido durante todo livro o que torna o leitor parte da história.

Resenha por Rafaela Degliomini


Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s