Podem chorar “Stranger Things” não vai regressar antes de 2019

Se você é fã de “Stranger Things” assim como eu pode começar a chorar, vamos ter que esperar muito pela próxima temporada da nossa querida série “Coisas Estranhas” como gostamos de falar. Bem, pelo menos é o que alerta nosso novo crush, Xerife Hooper, ou melhor, o ator que o interpreta, David Hopper.

“Provavelmente não vão ter [a terceira temporada] antes de 2019. Mas também parte da questão é que, como em qualquer coisa boa, precisa de tempo. E aqueles tipos [os criadores, os irmãos Duffer] trabalham tanto. Ficam fechados no apartamento deles e escrevem durante 12 ou 14 horas por dia”, contou à Variety.

O SUCESSO DA SEGUNDA TEMPORADA

A segunda temporada da série chegou no final de outubro. Depois de um ano à espera para saber o que iria acontecer a Eleven (Millie Bobby Brown), Dustin Henderson (Gaten Matarazzo), Mike Wheeler (Finn Wolfhard), Will (Noah Schnapp) e companhia, os fãs de “Stranger Things” não perderam tempo e fizeram uma maratona pelos episódios da segunda temporada.

Segundo o The New York Times, a empresa Nielsen revelou pela primeira vez os dados sobre “Stranger Things” e os números confirmaram o que a indústria da televisão previa: a série original do serviço de streaming é um fenómeno de popularidade.

De acordo com os dados, apenas nos Estados Unidos, o primeiro episódio de “Stranger Things” foi visto por 15,8 milhões de pessoas nos primeiros três dias. A Nielsen revelou ainda que 361 mil pessoas viram os nove episódios nas primeiras 24 horas depois da estreia.

No total, segundo a Variety, nos EUA a segunda temporada atingiu uma média de 8,8 milhões de telespectadores por episódio.

Mas o número de espectadores pode ser bem superior porque, segundo o The New York Times, o sistema de medição de audiências usado pela empresa não contabiliza visualizações em smartphones, tablets nem em computadores portáteis.

Além da lacuna do sistema, os números da Nielsen apenas têm em conta os utilizadores residentes nos EUA, sendo que a Netflix tem agora mais assinantes internacionais (52,7 milhões).

O serviço de streaming de vídeo recusou-se a confirmar os dados da Nielsen, frisando que os números foram superiores aos revelados.

De acordo com os dados da Nielsen, “Stranger Things” está ao nível de produções como “The Walking Dead” (a estreia da última temporada foi vista por 15 milhões de pessoas nos Estados Unidos) ou “A Guerra dos Tronos”, cujo episódio final da sétima temporada foi acompanhado por 14,8 milhões de espectadores.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Podem chorar “Stranger Things” não vai regressar antes de 2019

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s