Liga da Justiça (2017) [Crítica]

c9ofsfavwaamlvx

Nessa quarta (15/11), estreia um dos filmes mais aguardados do ano, Liga da justiça.

Tudo começa com Bruce Wayne, o Batman em sua versão mais madura está sempre atento ao seu redor e logo nota a aproximação de um novo inimigo.

Consciente de que sozinho ele não conseguirá muitos resultados, dá início a uma busca por um time de meta-humanos.

Esta é sem dúvidas uma das partes que mais estávamos aguardando, o contato entre os heróis. Mulher maravilha, Batman, Flash, Ciborgue e Aquaman terão que unir forças e deixar de lado suas diferenças se quiserem ter uma chance de derrotar um inimigo recém-despertado.

Todos eles sentem na humanidade a perda da esperança após o falecimento do Superman e será necessário muito mais do que imaginavam para salvar o planeta de um ataque catastrófico.

Cada herói demonstra sua personalidade e habilidade com louvor, deixando-nos estasiados apenas a espera de mais informações e sentimentos.

É quase impossível desviar os olhos da tela. As cenas se desenrolam com harmonia e clareza, sendo construídas com ação, emoção e um toque de bom humor.

Ben Affleck como Batman, Gal Gadot como Mulher maravilha, Henry Cavill como Superman, Jason Momoa como Aquaman, Ezra Miller como Flash e Ray Fisher como Ciborgue. Não há como negar que os atores deram a seus papéis a vivacidade mais que necessária para nos impressionar.

No entanto, temos muito mais que isso. A história de cada um dos povos, unidas por uma antiga missão que lhes foi confiada. Podemos estar presente na ilha das Amazonas, em Atlântida e também no reino dos homens.

Com efeitos visuais impressionantes, podemos nos sentir inseridos no mundo dos heróis. A fotografia do filme, precisa e deve ser destacada. Simplesmente maravilhosa.

A trilha sonora é composta por rocks clássicos e músicas já vistas em outros filmes da DC.

O desenvolvimento da trama é realmente emocionante, podemos ver com clareza, as dores, habilidades e ansiedades de cada herói que juntos formam a famosa liga da justiça. Não podemos deixar de citar as duas cenas pós crédito, não saiam sem assitir!

Com um roteiro leve, relevante e divertido, a DC acertou em cheio.

Com certeza, estarei aguardando ansiosamente e até um pouco impacientemente para Liga da justiça 2.

Crítica escrita por Alexia Road
Anúncios

Um pensamento sobre “Liga da Justiça (2017) [Crítica]

  1. É muito emocionante, mas sinto falta de muito mais. Antes de qualquer coisa, é bom afirmar que “Liga da Justiça” é uma boa diversão. Os filmes de Ben Affleck realmente são sempre promissores, e a Liga da Justiça não foi uma exceção. Em suma, Liga da Justiça é um filme bem divertido. Ele é um autentico filme de super-herói. Toda a essência dos heróis, está lá e muito bem representada pelos personagens. Mesmo que não tenha sido perfeito, Liga da Justiça apresenta algo promissor que pode render bons frutos em um futuro próximo, ainda mais pelo o que foi apresentado nas duas cenas pós créditos. Mas que ficou aquela sensação de que o filme poderia ter se arriscado um pouco mais, ter tido um pouquinho mais de ambição, isso ficou. Que venham novas aventuras da Liga da Justiça.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s