Filme que marcou minha infância

Pensar na infância é lembras de bonecas, princesas, aventuras e piratas. Fui uma criança muito eclética numa época onde nem era tão comum. Brinquei muito de Power Rangers e de princesas. Assisti muita Tv e era quase certo que eu sabia aa falas de todos os filmes que já havia assistido umas mil vezes. Apesar de ter sido uma criança muito Disney, o filme que marcou minha vida não faz parte da coleção deles.

Desde muito pequena ouvia de meu avô a história dos Romanov. (Sim, meu avô me contava a história do assassinato da família imperial russa. Não é a toa que eu seja tão sombria às vezes) Ele me contava sobre a menina que diziam ter conseguido fugir do fuzilamento de sua família. Anos se passaram e esta “lenda” continuou bem viva.

Lá pelo final do ano de 1997 foi lançado um filme sobre Anastasia, a filha mais nova do Czar Nicolau II. Me lembro como se fosse hoje quando minha prima me avisou que tinha gravado (na época do VHS) em uma fita o filme para mim. Eu era bem nova então não cheguei a ligar exatamente os pontos, mas sei que aquela fita foi por anos assistida por mim. Detalhe básico: o filme estava em inglês e meu conhecimento era bem pouco da língua na época rs.

O filme começa na Rússia em 1916, e mostra a pequena Anastasia com a avó, tentando escapar de uma multidão revolucionária em guerra, e de Rasputin, que começou a Revolução com um feitiço, fazendo a Rússia entrar em guerra. Elas conseguem fugir por  uma passagem secreta na parede do palácio com a ajuda de um menino que era um dos criados e correm para a estação de trem. Cercadas da elite social que tentavam fugir das forças bolcheviques que tinham apoderado de St. Petersburg, Anastásia se separa de sua avó, e tenta correr para alcançá-la já no trem em movimento, mas acaba sendo derrubada pelas pessoas e bate com a cabeça nos ferros do trilho do trem, perdendo a memória e indo parar num orfanato. Sua avó desesperada tenta ir lá buscá-la, mas não consegue sair do trem em movimento. A partir daí, a vida de Anastácia mudará radicalmente.

Anastasia : Foto

Aos dezoito anos ela é convidada a deixar o orfanato e com o desejo de reencontrar sua família, volta a St Petesburg  e lá conhece Dimitri e Vladimir, dois trapaceiros que tem por objetivo levar uma impostora como sendo a verdadeira Anastácia para Paris a fim de receber a recompensa que a avó da menina estava oferecendo, há anos a avó procura a neta desaparecida. Anastácia, agora Anya, é pobre, passa dificuldades e não se lembra de ninguém de sua família, e pensa que sempre morou no orfanato, mas quer conhecer a família. Num determinado momento Dimitri percebe que a moça é a verdadeira herdeira do trono russo, mas a essa altura ele já está apaixonado por ela e vai enfrentar alguns problemas para provar a avó dela que se trata da verdadeira desaparecida e provar a ela seu amor. Ele se lembra que era o criado da avó de Anastácia quando ela era pequena e aos poucos, revela o passado dela a Anastácia.

Anastasia : Foto

No fim, após ouvir uma música que a avó põe numa caixinha de música, Anastácia se lembra completamente de seu passado; pois era essa a música que Anastácia ouvia sair da mesma caixinha de música da avó, quando era menor, para dormir. Assim fica provado que ela é uma das Gran-Duquesas Russas. Juntos, depois, vão enfrentar Rasputin, que quer acabar de uma vez por todas com a última descendente dos Romanov. Ao final, ela foge com Dimitri, ao perceber que, apesar de sentir-se feliz com suas redescobertas, seria mais feliz ao lado de Dimitri.

Anastasia : Foto

Anos depois que eu fui conseguir ligar o filme à história que meu avô me contava e isto graças à disciplina de História no colégio quando comecei a estudar a revolução russa e descobri que já conhecia toda aquela história.

Este ano estreou na Broadway o musical sobre esta mesma história e como apaixonada por musicais que sou estou louca vendo vídeos e ouvindo as músicas que até hoje sei cantar gracas a uma vida assistindo este filme rs.

Hoje em dia tenho um grande fascínio pela história russa e acredito que devo tudo à Anastásia, o filme que marcou a minha infância.

 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Filme que marcou minha infância

  1. OMG! Amo esse filme. Lembro que quando assisti, ficou entre os meus favoritos. Infelizmente, eu já era bem grandinha quando o vi pela primeira vez. Mas falando em filmes que marcaram a infância… Power Rangers! Mas fugindo à regra das princesas, os que marcaram a minha infância, foram: “Rambo”, “Stallone Cobra”, “Rocky Balboa” e “Sexta-Feira 13”. KKKKK

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s