A Maldição Poltergeist

Muitas pessoas gostam de filmes de terror não é mesmo? Sentir aquele frio na barriga que nos faz agradecer que é só um filme. Mas e se não for apenas um filme? Em alguns filmes que vemos por aí temos uma situações reais que amedrontaram toda a equipe de filmagem, coisas misteriosas que aconteceram durante as gravações. Conheça hoje alguns fatos macabros que aconteceram nas filmagens e com o elenco do filme Poltergeist (1982, 1986, 1988).

Maldição de Poltergeist

A equipe de produção passou por situações curiosas: objetos caindo, ou surgindo em locais que não estavam, sons que ninguém sabia da onde vinha.

Uma das atrizes do elenco, JoBeth Williams (que viveu a mãe da família do filme), contou que quando voltava para sua casa depois das gravações, os quadros de sua parede estavam sempre tortos. Ela os endireitava mas, ao retornar no dia seguinte após as filmagens, estavam todos tortos novamente.

Na trama de Poltergeist, a família Freeling se muda para uma nova casa, que parece ser amaldiçoada. A casa onde o filme foi gravado fica em Simi Valley, California. Em 1994, um terremoto atingiu a região e o local foi quase destruído.

Em uma das cenas mais assustadoras do filme original, o filho do meio da família é estrangulado por um boneco de palhaço. Foi revelado depois que o filme foi lançado que, durante a cena, um acidente aconteceu e Oliver estava sufocando de verdade. A equipe quase não percebeu que aquilo era real, já que a cena era, justamente, de um sufocamento, ninguém sabe porque ou como aquilo aconteceu. Por pouco Oliver não morreu.

A atriz Zelda Rubenstein fez uma sessão de fotos para Poltergeist III e uma estranha fumaça, que não estava no local, surgiu em uma das fotos. Zelda contou posteriormente em entrevistas que sua mãe morreu no mesmo momento em que aquelas fotos foram tiradas

E já que estamos falando em mortes, saiba que cinco membros do filme morreram de forma bem estranha…

Dominique Dunne, que interpretou a irmã mais velha da família assombrada, morreu em 1982 aos 22 anos. Ela foi a primeira pessoa do filme a morrer. Poltergeist tinha acabado de chegar aos cinemas quando ela foi estrangulada pelo ex-namorado John, a atriz chegou a ficar em coma por alguns dias mas não resistiu. Para a justiça o motivo que fez John cometer esse crime foi o sucesso descontrolado e repentino da atriz e esse motivo ficou ainda mais em evidência pois para encobrir os gritos de Dominique, John colocou a trilha sonora de Poltergeist para tocar bem alto.

Julian Beck, que deu vida ao reverendo possuído pelo demônio no segundo filme da franquia. Faleceu aos 60 anos, um pouco antes do lançamento de Poltergeist II. Ele foi vítima de câncer no estômago.

Brian Gibson, o diretor do filme, morreu aos 54 anos, apesar de essa morte ter ocorrido bem depois dos filmes, em 2004, a causa dela é que é um tanto estranha. Segundo os relatórios médicos a causa da morte foi devido a uma doença chamada sarcoma de Ewing, um tipo de câncer que atinge crianças e adolescentes, sendo bastante raro nos adultos com mais de 25 anos.

A morte mais chocante e famosa de todas foi da pequena Heather, que fazia a personagem principal Carol Anne. A jovem atriz tinha apenas 12 anos quando faleceu em 1988. Sua morte ocorreu antes de terminarem a pós-produção de Poltergeist III, que acabou sendo dedicado à ela.

A atriz adoeceu no início de 1987 e foi diagnosticada tendo a doença de Crohn, uma infecção intestinal. A ela foram receitados fortes medicamentos para o tratamento dessa doença que a deixaram com o rosto inchado, fato que pode ser claramente notado em Poltergeist III. No dia 31 de janeiro de 1988, ela amanheceu muito doente apresentando um quadro de vômitos. Na manhã seguinte ela desmaiou em sua casa e o seu padrasto chamou os paramédicos. Heather sofreu uma parada cardíaca e após reanimação foi levada de helicóptero para o Hospital Infantil e Centro de Saúde de San Diego, onde faleceu. Acontece que a morte dela foi devido a um diagnóstico impreciso dos médicos. Segundo os familiares, eles erraram ao diagnosticá-la com a doença de Crohn quando na realidade ela estaria sofrendo de um bloqueio no intestino, presente desde seu nascimento. Caso tivessem diagnosticado o bloqueio, uma cirurgia teria solucionado o problema.

Mas não pense que as coisas macabras ficaram apenas para quem participou das filmagens, no site Sobrenatural.Org a usuária Ariel Marta disse em 2009 que no ano de 2000 ao ouvir a trilha sonora do filme em um site, coisas estranhas aconteceram, como seu computador reiniciar sozinho ou desligar do nada, ela até pensou que poderia ser problema do computador ou do site, porém ao escutar outras músicas no mesmo site, seu computador agiu normalmente. Muito tempo depois ela contou isso para um amigo e foi escutar a trilha sonora com ele, depois de um certo tempo eles escutaram um barulho vindo da casa e perceberam que barulho foi um copo que estava em cima da mesa e se partiu exatamente no meio, sem ninguém tocar nele. Se você for corajoso e quiser colocar isso a prova, na descrição do vídeo tem o link para a trilha sonora. Caso algo aconteça, não esqueça de deixar nos comentários a sua historia.

Alguns dizem a Maldição de Poltergeist é devido a utilização de esqueletos reais em certas cenas pois aparentemente eram mais baratos do que comprar produtos plásticos.

Mas e você o que acha disso? Será que existe mesmo a Maldição de Poltergeist, ou é apenas uma série de infelizes coincidências. Deixe aqui nos comentários!

Anúncios

4 pensamentos sobre “A Maldição Poltergeist

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s