[Resenha]Quando a Bela domou a Fera – Eloisa James

Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, “Quando a Bela domou a Fera” é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos.
Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

Quando Julia Quinn veio ao país no início do ano perguntaram a ela sobre autoras que ela gostava de romances de época; a resposta foi rápida e certeira: Eloisa James. A editora Arqueiro então resolveu embarcar nessa e publicar esta autora aqui e como uma fã declarada de romances de época logo garanti o meu.

Linnet é a mais bela debutante da temporada londrina, consegue a atenção de todos os homens e com isso tem o príncipe em suas mãos. Mas o que ela achava ser um casamento certo acaba por se tornar um escândalo na sociedade após vir à tona de que o príncipe já é casado e tudo piora após a escolha equivocada de um vestido que faz com que toda sociedade acredite que ela espera um filho bastardo do príncipe.

Tomado pelo desespero, seu pai resolve oferecê-la em casamento ao filho do Duque, Piers Yelverton, o conde de Marchant, famoso por ser um médico incrível mas que também possui um gênio forte e acaba por ser conhecido como Fera. Isolado da sociedade por conta de um defeito em sua perna que o faz pensar ser indesejado por todos a sua volta ele vive em uma mansão afastada de tudo no País de Gales.

Linnet segue viagem para o País de Gales para conhecer seu futuro marido achando que será fácil convencer já que é a mais bela de todas as mulheres. Piers não se deixa abalar pela beleza estonteante de sua noiva, tampouco gosta da presença de seu pai em sua propriedade. Entre insultos e piadinhas grosseiras, ele vai mostrando seu verdadeiro lado à jovem que é mais inteligente que todos pensavam.

Quando a Bela Domou a Fera

O interessante deste livro é que ele faz parte de uma série de releituras de Contos de Fadas. Este é baseado em A Bela e a Fera, devo confessar que por conta do filme o mercado está meio que saturado de Belas e Feras, porém este me agradou bastante. Curto muito releituras mas quando aparecem várias de um mesmo conto fico com um pé atrás.  Tirando meu receio de questão,  o livro é encantador. Gostei Principalmente dos personagens que compõem o plano de fundo da história. Os criados carismáticos, os médicos do hospital que é dentro da própria mansão do Conde.

Uma curiosidade que achei legal é que o personagem do Conde é descaradamente baseado no Dr. House da série de mesmo nome. E acredite o personagem faz jus à homenagem. Logo de cara fiquei apaixonada pelo Conde, adorei o jeito ríspido e com respostas afiadas. Já a nossa Bela demorou a me cativar, tive momentos em que quis largar o livro, apesar de estar gostando muito da história, porque ela me irritava com seu jeito de “eu sei que eu sou bonita e gostosa”. Mas acreditem quando vos digo que vale a pena a leitura.

O livro me arrancou risadas, xingamentos, sorrisos sarcásticos e lágrimas. Sim, meus senhores e minhas senhoras, este personagem de gênio forte e postura arrogante conseguiu me levar às lágrimas e por fim roubou meu coração para si.

Aos amantes de romances de época esta é uma leitura recomendada não só por mim como também pela diva Julia Quinn!

Anúncios

6 pensamentos sobre “[Resenha]Quando a Bela domou a Fera – Eloisa James

  1. Oi Rafa! Também sou amante dos romances de época. Esse livro, por sinal andei namorando um tempão e consegui ganhar num dos eventos do No Meu Mundo. Ganhar não é a palavra certa, rss, na verdade eu acabei trocando por já estar louca por ele. Sorte a minha. Já tá na fila da leitura. Espero gostar tanto quanto eu desejava-o. Bjus

    Gostar

  2. “…o personagem do Conde é descaradamente baseado no Dr. House…”, gente, pirei!! KKKK Já quero muuuito! Amo aquele humor negro de House e toda aquela sua ironia. Não estava levando o livro muito a sério, mesmo vendo tanta gente falando muito bem dele, mas ganhei ele em um sorteio essa semana. Agora é torcer para chegar, pois quero devorar essa lindeza.

    Gostar

  3. Nossaaaaaa….ainda não havia lido nenhuma crítica do livro e com a sua só aumentou a minha vontade de ler. Posso dizer que minha princesa preferida é a Bela e assim como vc eu estava receosa em ler pois achava que estavam fazendo mais do mesmo, lançando vários livros em volta deste universo e lendo a resenha, pude perceber que este é bem diferente. Mais um que entra para a minha infinita listinha. RS
    thebestwordsbr.blogspot.com.br

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s