10 Filmes baseados em livros que merecem uma segunda chance como série.

Que Hollywood ama pegar livros e fazer filmes a gente já sabe, mas muitas vezes acontece da adaptação ser ruim e se tornar um fracasso ou de simplesmente não agradar os fãs e ser cancelada com um único filme, deixando além de raiva de ter sido mal adaptada, aquela tristeza de não ver a mais sua saga favorita nos cinemas.

Porém parece que as coisas tem mudado, depois de “Shadowhunters” (2016) ter sido adaptada pela Freeform (Com distribuição da Netflix) mesmo após do fracasso do filme “Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos” (2013) e “Desventuras em Série “(2017) também ser adaptada 13 anos depois do falho filme com o mesmo título. A esperança é de que agora isso aconteça com outras sagas que já foram adaptadas, e eu estarei aqui listando dez sagas que já foram as telonas e merecem uma segunda chance nas telinhas.

1 – A Bússola de Ouro (2007)

Quando falamos de uma adaptação de livro é óbvio que não dá para colocar tudo do livro no filme, porém “A Bússola de Ouro” pecou em simplesmente mudar os últimos capítulos do livro para algo como um “final feliz”, que por sinal ficou extremamente sem graça. Apesar de o filme conseguir agradar quem não leu o livro e ter um ótimo elenco, para quem leu a saga “As Fronteiras do Universo” foi visível a perda das críticas filosóficas e as grandes organizações religiosas que o livro traz, além do tempo de tela dos personagens ser pequeno deixando os coadjuvantes totalmente apagados e tudo ficou muito confuso. O filme foi extremamente mal recebido pela crítica e teve uma bilheteria bem baixa, causando o cancelamento no seu primeiro filme, há algum tempo foi dito que existe uma possibilidade de virar uma série de TV, porém até agora nada certo. Vamos torcer para que isso aconteça, porque definitivamente esse filme merece uma segunda chance e ter sua história contada de forma correta.

2 – Eragon (2006)

“Eragon” é um livro onde tudo é muito grandioso, rico em “belezas naturais” e “construções grandiosas”, tudo em mundo medieval de dragões, magia, elfos e muita fantasia e ação. É um livro que te envolve desde começo, você fica doido para saber o que aconteceu. O filme com o mesmo nome do livro, começa sem a pegada de mistério, já que o mistério do livro já começa desvendado e peca em remover diversos personagens importantes da trama, além de mudar totalmente a ordem dos fatos e ter um roteiro totalmente previsível, um péssimo figurino e caracterização. O filme que mais parece uma mistura dos filmes “Senhor dos Anéis” e “Star Wars” do que o próprio livro que foi originado, sofreu com críticas extremamente negativas e foi cancelado. O mundo de “Eragon” não só merece, como precisa de uma segunda chance para apagar a vergonha que foi aquele filme.

3 – A Letra Escarlate (1995)

Fugindo um pouco das “sagas Teen” temos “A Letra Escarlate” um grande clássico da literatura que virou filme.
“Chamar esse filme de adaptação livre chega a ser uma baita de ofensa”, as palavras de Oliver (Emma Stone) em “Easy A” não poderiam ser mais verídicas. A obra original que conta a história de Hester, uma jovem inglesa que vai morar numa pequena colônia puritana chamada Massachusetts Bay no ano de 1666, auge da colonização, onde os puritanos e o índios resolvem fazer uma trégua nos conflitos sangrento que haviam tendo. E é em todo esse clima maravilhoso, que a jovem engravida e se nega a dizer quem é o pai e sofre muito na mãos dos puritanos. O livro conta com uma crítica social magnífica além de uma história que te prende e faz você sofrer junto cada momento com a protagonista a cada humilhação e punição que a mesma passa. Nos cinemas o filme foi protagonizado por Demi Moore e virou uma coisa que eu não consigo nem explicar, o final foi mudado para algo feliz e toda a essência da obra foi jogada fora, e inúmeros detalhes importantes da obra foram completamente ignorados. O filme se resume basicamente em muitas cenas desnecessárias da Demi Moore tomando banho ou tendo relações sexuais com o pai do seu filho (não falarei quem é para não dar spoiller), e uma atuação ruim com um péssimo “sotaque britânico”. Esse filme sem dúvidas merece e precisa de uma adaptação, uma série algo perfeito, porque apesar de ser uma obra antiga ela consegue se encaixar totalmente com os tempos atuais, e mostra os efeitos dos julgamentos de alheios na vida de uma pessoa.

4 – O Guia do Mochileiro das Galáxias (2005)

O “Guia do Mochileiro das Galáxias” é uma grande obra da literatura mundial e é considerado a “Bíblia Sagrada” do público nerd. A saga é grandiosa e extremamente rica em detalhes e seria impossível adaptar tamanha grandiosidade em todos seu livros em apenas um filme. O filme que foi extremamente aguardado, falhou miseravelmente em sua adaptação com piadas totalmente sem graças e uma história rápida demais e rasa, apesar de ter um elenco ótimo o filme foi uma grande decepção. Uma saga tão aclamada e tão grandiosa sem dúvidas merece uma nova chance, mas com algo que lhe dê a devida atenção e o tempo que merece, todos os fãs precisam disso.

5 – Eu sou o número 4 (2011)

O livro é uma mistura de ficção cientifica, aventura, drama e romance tudo junto, é um leitura mega agradável, sabe aquele livro que você pega e não larga? Com toda a perseguição, mistérios e a aliens o livro não te deixa parar enquanto você não saber de tudo. Já o filme, foca demais nos dramas adolescentes e esquece totalmente das outras coisas. O filme não explica o porque deles serem nomeados como números, deixa inúmeras lacunas soltas e sem explicação alguma, os personagens extremamente rasos e sem carisma, salvo só a número 6 que se destaca. Para quem já leu a saga “Os Legados de Lorien” sabe que o filme falha absolutamente em adaptar a profunda trama dos livros e que uma série onde possamos ver tudo com bastante detalhes e muita calma é necessário, pois os livro contam com inúmeras reviravoltas e descobertas que são de “parar o coração”.

6 – A Quinta Onda (2016)

“A Quinta Onda” aborda sobre alienígenas, porém ele aborda de uma forma um pouco diferente do que estamos habituados, em vez de aliens verdes e assustadores que destroem tudo com armas de laser e explosões, nela os aliens atacam com as chamadas “Ondas” que vão aos poucos destruindo tudo. O livro gira em torno de Cassie uma garota extremamente comum e como ela lida com tudo isso, a perda de tudo que ela conhecia, de todos, ter sua vida mudada e como tem que aprender com isso, e também um típico triângulo amoroso no meio do apocalipse, a história que por si só já não é muito diferente, conseguiu se tornar extremamente clichê e repetitiva nos filmes. O filme parece uma versão alienígena de “Crepúsculo” focando no triângulo e largando todo o resto de lado, além de mudar muitas coisas do livro, coisas que ajudam no aprofundamento da história, o filme conta com um triângulo que não dá pra engolir de jeito algum, além de tudo acontecer muito rápido e de forma rasa e tediosa. Até agora nada foi dito sobre a continuação, porém creio que deveria virar uma série e contar tudo desde o começo, para vermos com calma cada “Onda”, o mundo aos poucos sendo destruído e as pessoas lidando com isso, além de todo conceito de controle da mente que tem nesse livro.

7 – Academia de Vampiros – O Beijo das Sombras (2014)

Esse filme é um caso especial, pois apesar de conseguir ser fiel ao seu livro, a direção fez uma péssima coisa ao mudar o tom mais “dark” dos livros, para algo mais clichê adolescente, talvez a culpa seja do diretor, que tentou recriar seu maior filme (Mean Girls) numa versão vampiro, tendo uma bilheteria tão fraca a ponto de ter sua distribuição cancelada para diversos países, inclusive o Brasil. Porém, para quem leu os livros sabe que a saga vai muito além do que foi visto, acredito que não se tem como fazer um filme 5 estrelas quando o livro em si não é, o primeiro livro da saga trata-se de um introdutório aquele mundo e toda aquela dinastia vampiríca, um livro onde tem muito mais explicações do que diálogos e cenas de ações. Mas voltando ao filme, ele consegue ser fiel a história e ao mesmo tempo não, com diálogos mal feitos, atuações medianas, efeitos fracos e uma fotografia péssima. A saga precisa de uma adaptação como série para podermos nos aprofundar nesse mundo e ver todos os detalhes e todos os mistérios dessa saga.

8 – Divergente (2014)

Essa sem dúvidas é uma das minhas maiores frustrações com adaptações, o filme é tão pobre e tem tantas mudanças que eu não sei nem como conseguiram fazer mais dois filmes depois, não me admiro que a franquia foi cancelada e terá seu último filme como uma série de TV, porém aí é que está o perigo, se for pra fazer continuando de onde parou e com os mesmo diretores é melhor não fazer, ou que comecem tudo do zero e que façam direito desta vez. Porque o filme tem um péssimo roteiro, efeitos horríveis, cenários desastrosos, além de ser exatamente diferente dos livros. Então de verdade, espero que acertem nessa série, pois quem leu os livros, sabe que a saga distópica é maravilhosa e que tem tantas reviravoltas e tantas revelações que você chega a ficar perdido.

9 – Dezesseis Luas (2013)

Outra grande frustração da minha vida literária é esse filme, a saga conta toda a história de uma família de bruxos e de um mundo mágico que é algo fascinante e extremamente detalhado, a magia nesse livro é abordada de uma forma magnífica, além de ser algo muito presente no livro, sem falar em inúmeros personagens marcantes e de reviravoltas sensacionais. O filme por sua vez peca na descaracterização de personagens que são muito marcantes no livro, em simplesmente cortar personagens importantes e marcantes, em mostrar pouco a magia, de ter mostrado de forma bem vaga todo o mundo mágico, no roteiro precário e apressado, mas sem dúvidas o pior error é a falta de química entre os atores que fazem os protagonista, porque eles não conseguem passar na tela o casal apaixonado que eles dizem ser. Quem leu a saga, sabe que ela tem muito assunto para ser uma série e que se for bem aproveitada pode ser até uma possível “substituta” para os fãs órfãos de “The Vampire Diaries “.

10 – Percy Jackson e o Ladrão de Raios (2010)

Por último mas não menos decepcionante se encontra a aclamada saga “Percy Jackson e os olimpianos “, o filme parece que foi feito por alguém que só leu a sinopse do livro e pegou os nomes e resolveu aproveitar para criar um filme e chamar de “adaptação”, aquele filme chega a ser uma ofensa a saga. O filme conta com mudanças extremamente drásticas a sua obra original, além de uma descaracterização de personagens enorme, diálogos patéticos e tudo acontece absurdamente rápido, resumindo, uma completa derrota. Apesar do autor da saga, Rick Riordan, dizer que não venderá mais os direitos da sua obra, seria muito legal ver a saga bem representada numa série, é o mínimo que precisamos pra tentar esquecer aquele fiasco de filme.

E aí concordam com a lista? Acham que está faltando algum filme que eu não comentei?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s