A Síndrome do Amor Dramático

Imagem relacionada

Hoje assisti o último episódio de Sexy and The City (pela 4ª vez), toda vez que assisto essa série eu fico me perguntando por quê no final de tudo, depois de 6 temporadas sofrendo e até se humilhando pelo Big, a Carrie resolve ficar com ele. Eu vi essa mulher ser trocada, ser rejeitada, ser humilhada emocionalmente por esse homem 6 temporadas seguidas, e a vi tentando todos os tipos de relacionamento, aceitando ser a outra da relação, aceitando ser uma coisa casual, aceitando ser uma coisa séria, mas nunca impondo verdadeiramente o que ela queria e sentia. E eu nem vou mencionar o filme em que ela é largada no altar porque o macho não tem certeza se é isso que ele quer, coitado.

Eu estou aqui dizendo isso tudo porque em sua maioria todas nós (inclusive eu) somos Carrie Bradshaw. Eu queria entender por qual motivo eu sempre escolho ficar num relacionamento que claramente vai abalar meu emocional, que não faz eu me sentir única (porque mesmo num relacionamento aberto todas nós devemos nos sentir assim, talvez até mais que num fechado). Eu namorei sério 1 ano e 4 meses, comecei bem nova, aos 13 anos. Depois que terminamos ficávamos sempre, e eu me submeti a tudo que ele queria, me sujeitei a ser apenas a garota que ele fica enquanto está brigado com a outra, depois me sujeitei a ser a garota que ele não sabe mais se gosta mas gosta de transar, depois também fui a garota que ele não queria perder mas não queria se prender então decidiu que queria algo aberto e mesmo eu não querendo, eu também me submeti a isso, por amor.

Imagem relacionada

Então eu te pergunto, para se amar alguém necessariamente precisa doer também? Precisa de tanta humilhação? Existe amor sem drama?! Depois de um tempo eu conheci um garoto bem legal, que me tratava bem, me respeitava, era romântico, parecia um personagem de comédia romântica, para quem já viu Sexy And The City pode fazer uma analogia do significado que esse garoto teve para mim com o significado que o Aidan teve para a Carrie. Mas como ela, eu também não consegui ficar com esse garoto e voltei com o meu ex, o que me faz ter mais um questionamento: será que a mulher moderna não sabe ser amada sem o combo sofrimento e drama?

De quem será a culpa de nós, mulheres, nos submetermos a esses tipos de relacionamentos? A minha teoria é de uma cultura midiática de relacionamentos abusivos, exemplos:

     Chuck e Blair (Gossip Girl)

Resultado de imagem para chuck e blair gif

  • Esse é um dos meus casais favoritos de séries mas também é um dos que eu mais crítico. Temos que admitir que ambos aqui fazem mal um para o outro, mas o Chuck chega a trocar a Blair por um Hotel, nega de todas as formas que sente algo por ela, fazendo o que eu mais odeio: jogos emocionais. A pessoa diz que gosta de você mas que por algum motivo não pode ficar com você. E mesmo a gente tendo assistido todas aquelas temporadas e todos os dramas, nós só conseguimos achar esse casal maravilhoso, porque apesar de tudo eles continuam juntos. Mas fica ai o questionamento, por que têm que haver esse “tudo”? Por que simplesmente eles não podem ter um relacionamento saudável ao invés daquele sofrimento todo a cada temporada?

        Rory e Jess (Gilmore Girls)

Resultado de imagem para Rory e Jess Gif

  •  Esse é o famoso caso “Eu te faço mal, é melhor a gente ficar longe um do outro”. O problema é que o Jess diz isso mas mesmo assim não para de perseguir a Rory e de novo temos os joguinhos emocionais. Isso sem contar que Jess é um ciumento louco, agressivo, problemático e ainda some e sai da cidade sem dizer absolutamente nada para ela. Mas mesmo assim ainda torcemos para esse casal.

         Damon e Elena (The Vampire Diaries)

Resultado de imagem para Damon e Elena gif

  • Esse é um dos casais mais shippados das séries e as pessoas nunca param para se questionar porque a Elena larga o Stefan que é um namorado carinhoso, romântico, preocupado etc. E decide ficar com o irmão dele, um cara que mata todo mundo a sua frente, inclusive o irmão dela, tenta a compelir e ainda tortura seu namorado emocionalmente. Eu só citei as primeiras coisas que veio a minha mente mas já parece um absurdo.

 

Esses são só três exemplos de como a mídia impõe esse tipo de relacionamento para nós todos os dias e nós estamos tão preocupados em se aquele casal vai ficar junto ou não que esquecemos de nos questionar se eles devem mesmo ficar juntos. Todas nós crescemos com a ideia de que esses tipos de relacionamento são os relacionamentos ideias e um exemplo a se seguir. Eu não estou dizendo para pararmos de assistir essas séries, filmes e novelas, apenas temos que saber ter um pensamento crítico sobre as mesmas e não deixar que esse discurso de relacionamento abusivo nos atravesse sem nenhum questionamento.

Resultado de imagem para relacionamentos abusivos

Como feminista e como uma mulher que já passou por esse tipo de relacionamento e até hoje sofre com os resquícios do mesmo, eu me senti na obrigação de fazer essa matéria. Num momento de reflexão comigo mesma hoje, decidi que não quero mais ser a Carrie Bradshaw dos relacionamentos, quero ser apenas a Carrie que ama escrever e é a louca dos sapatos. Decidi então que nenhum relacionamento que faça eu me questionar todos os dias ou me sentir uma pessoa menos especial e única do que eu sou, não vale a pena. E espero que qualquer uma que tenha lido essa matéria e esteja passando por isso tenha coragem de mudar também. Então, mulher que está lendo isso, saiba que você é maravilhosa, você resiste todos os dias a esse mundo machista e repressor, você merece ser amada de verdade e completamente, você não merece a metade de ninguém, você merece um relacionamento saudável que te traga alegria sem aquele combo de drama e sofrimento. Nós por nós!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s