Extraordinário – Resenha Ou “Por que todo ser humano deveria ler esse livro pelo menos uma vez na vida?”

Resultado de imagem para extraordinário capa vermelho

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.

Extraordinário… é o tipo de livro que te deixa sem palavras, conta a história de uma criança, um menino, com seus gostos de menino, suas inseguranças e seus aprendizados, o Auggie (me permita chamar o August pelo seu apelido carinhoso) é mais do que sensacional, ele é aquele tipo de priminho distante que você vê de vez em quando nas festas da familia e que sempre bate um papo sobre os desenhos legais da TV, você se diverte com o quão carinhoso ele é e fica triste por que sebe que você é um dos poucos que tem a oportunidade de ver esse lado dele.

  Auggie sempre sofreu os preconceitos que seu rosto lhe deu de presente e o mais impressionante é a forma que ele lida com isso, ao longo do livro você se sente nervoso pois se todos nesse mundo o conhecessem da forma que ele se mostra para o leitor ele iria agradá-los ao menos um pouquinho, mas não é assim que a banda toca em um mundo em que o físico é tão valorizado…

   Ao Longo do livro você conhece não só o Auggie mas também sua Irmã, sua melhor amiga, e outros personagens da história, você vê pontos de vistas diferentes e varias outras perspectivas de um conto que tinha tudo para ser trágico, não vou mentir, o livro tem seus pontos baixos e até mesmo em seus pontos altos você vai sentir um nó na garganta que dificulta muito a sair, o livro é uma pancada social e se você não estiver lendo ao mesmo tempo em que se debulha em lágrimas eu não sei que tipo de humano você é (e olha que eu me considero um rapaz muito pouco se não nada empático).

   O livro foi escrito pela autora R.J.Palácio com o intuito de falar sobre a gravidade do Bullying e ao mesmo tempo tomou uma dimensão que acho que nem mesmo ela esperava, uma critica social acabou se mesclando a mais 7 e formou uma espécie de Raio laser que faz você sentir que faz parte da sociedade suja em que vivemos, um mundo onde vemos muito a frente, a face e depois cogitamos se quer conhecer o interior, a historia conta sobre as dificuldades da pre-adolescencia, da adolescencia em si e ainda complementa com lições pessoais, com preceitos, e até mesmo situações em que você pode se identificar sem ter uma deformidade facial ou um familiar com tais caracteristicas.

   Extraordinário é muito mais do que um livro sobre um garotinho deformado, para mim são e foram e continua sendo um conjunto de lições de vida maiores do que apenas um livro, maiores do que até mesmo se me permite comparar, algumas lições tão superestimadas do tal livro do pequeno príncipe, para mim Extraórdinário atualmente ocupa o posto no meu coração de “livro que todos deveriam ler ao menos uma vez” eu com certeza o lerei para os meus filhos e com certeza eles poderam aprender e pensar sobre coisas mais importantes do que algums futilidades que me doeram reconhecer em mim mesmo como leitor.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s