O polêmico e confuso final de Lost (com spoilers)

Resultado de imagem para lost tumblr serie

Lost foi uma série que durou seis temporadas e, desde o início, nos mostrou coisas que eram bastante intrigantes e nos motivavam a continuar assistindo. No decorrer dos episódios, tivemos a história do passado dos personagens vindo à tona, ao mesmo tempo em que, nos dias atuais, novos fatos aconteciam dentro da ilha. A cada episódio, alguns mistérios apareciam, outros se revelavam. Personagens que acreditávamos que ficariam vivos até o fim da história partiram, outros se revelaram completamente diferentes do que pensávamos que seriam. Logo na segunda parte do Piloto, nos surpreendemos quando descobrimos que Kate era a fugitiva do avião, ao mesmo tempo em que, no momento atual, ela é a que foi confiada para segurar a pistola.

Vemos que a ilha não é um lugar normal em que os náufragos serão encontrados e salvos. Ela se situa em um lugar indefinido, no qual dificilmente as pessoas conseguem acesso. Conforme o passar das temporadas, vemos como funciona o coração da ilha e a mágica do lugar, que foi capaz de curar doenças mortais, reanimar ossos e fazer aparecer pessoas que haviam morrido. A história dos personagens que sofreram o acidente é interligada, de modo que, pelo menos uma vez, um tenha cruzado o caminho do outro. Descobrimos, depois de muito tempo, por exemplo, como um avião repleto de drogas ilícitas foi parar dentro da ilha e quais eram os cadáveres que foram encontrados pelos personagens principais nos primeiros episódios.

Mas algo é dito sobre Lost até os dias de hoje: o seu final. Final esse que muitos não chegaram a entender. Muitos disseram que a ilha não existiu, que os personagens estiveram mortos desde o começo da história. Na verdade, não foi nada disso, e os próprios autores confirmaram que não foi. A ilha existiu. Tudo o que vimos foi de verdade! A realidade paralela mostrada na sexta temporada não era na verdade paralela, mas um universo onde as pessoas iam depois de mortas, com memórias apagadas, como se estivessem vivendo uma história que poderia ter acontecido. Entenderam? Um dia, todos morreram, mas nem todas as mortes chegaram a ser mostradas. Foi um pulo no tempo. Como se, por exemplo, daqui a muitos anos, todos nós estivéssemos mortos se nos reencontrássemos. Nesse mundo “paralelo”, que é, na verdade, o limbo, eles precisavam se lembrar de quem eram para poder partirem em paz. E é essa a última cena, que é linda. É essa a moral de Lost. Todos os nossos personagens se reencontraram, foram felizes, e viveram, no fim das contas, em paz.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s