[Crítica] Animais Fantásticos e Onde Habitam

O excêntrico magizoologista Newt Scamander (Eddie Redmayne) chega à cidade de Nova York levando com muito zelo sua preciosa maleta, um objeto mágico onde ele carrega fantásticos animais do mundo da magia que coletou durante as suas viagens. Em meio a comunidade bruxa norte-america, que teme muito mais a exposição aos trouxas do que os ingleses, Newt precisará usar todas suas habilidades e conhecimentos para capturar uma variedade de criaturas que acabam fugindo.

Como Potterhead é meio complicado falar sobre o filme sendo totalmente imparcial, pois na minha opinião tudo que é ligado ao maravilhoso mundo de Harry Potter é top of mind quando falamos de filmes e livros de fantasia e Animais Fantásticos e Onde Habitam não poderia ser diferente.

Com roteiro escrito por Deus pela própria J.K. Rowling, o filme é muito mais do que uma busca de Newt pelos seus animais que escaparam de sua maleta, tendo esse plano de fundo, o filme fala bastante de política, perseguições, intolerância e jogos de poder, de uma forma lúdica que irá com certeza entreter e informar os mais jovens bruxinhos.

A história se passa em Nova York, onde existe uma grande intolerância relativo à relacionamentos entre Não-Majs (vulgo trouxas) e Bruxos. Pois devido aos acontecimentos do passado, foi decidido que os dois mundos devem ser afastados totalmente. Tá, eu sei que em Londres, na saga Harry Potter, existe isso, mas acreditem em Nova York as leis para que protegem essa regra são bem mais fortes, algo imperdoável, como uma pena de morte.

Então dá para se entender que uma maleta cheia de animais fantásticos não é bem algo que Nova York espera que um visitante traga.

Em meio à busca de Newt nos deparamos com todo o jogo politico e de poder, que farão vocês se prenderem ainda mais à trama que já dá para perceber o que virá nos próximos quatro filmes.

Apesar do filme ser sério e ter um tom meio sombrio, temos vários alívios cômicos, principalmente com Newt, suas criaturas encantadas e Jacob, o trouxa que acaba sendo arrastado para um mundo que ele não faz ideia que exista.

Com atuações maravilhosas e efeitos especiais fantásticos, o filme não deixa a desejar, temos aqui um maior conhecimento de criaturas encantadas que eu senti uma certa falta nos filmes do Harry Potter, em Animais Fantásticos e Onde Habitam conseguimos conhecer criaturas que foram ditos nos filmes mas ficavam apenas em nossa imaginação.

Então o que você está esperando? Corra agora para o cinema, afinal, você não será trouxa de não aproveitar para ver o renascimento da magia não é mesmo? Aproveite e deixe aqui nos comentários o que vocês acharam do filme.

Anúncios

Um pensamento sobre “[Crítica] Animais Fantásticos e Onde Habitam

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s