[Resenha]Não faz sentido – Por trás das câmeras – Por que ele não pode ser considerado modinha?

Você já conhece o Não faz sentido. Agora vai conhecer tudo sobre seu criador, o maior vlogger do Brasil.

Criado por Felipe Neto em 2010 sem maiores pretensões, o Não Faz Sentido tornou-se um fenômeno da internet brasileira e o primeiro canal de vídeos em língua portuguesa a ultrapassar a marca de 1 milhão de inscritos.

Confundido muitas vezes com seu personagem reclamão, Felipe Neto expõe nesta obra sua outra face, sem óculos escuros, muito diferente da que se vê em seus vídeos mais famosos.

Do garoto que se levantou da falência para a exposição meteórica (que o acabou levando à depressão); dos bastidores envolvendo o vídeo contra a série Crepúsculo ao desentendimento com celebridades; acompanhamos, com muita sinceridade, uma história de sucesso por trás dos panos.

Você conhece o Não Faz Sentido. Agora vai conhecer a história, através de uma linguagem bem-humorada e sem nunca se levar muito a sério, pela lente de quem está por trás da câmera. E comprovar que, apesar do nome, este livro nos apresenta a história de um projeto cujo sucesso possuiu não apenas toda lógica, como também todos os motivos para se comunicar com uma geração altamente conectada, disposta a revolucionar a maneira como lidaremos com a produção e o conteúdo do entretenimento mundial.

Após ver no snapchat, que ele está escrevendo seu segundo livro, achei justo fazer a resenha do seu primeiro: Não faz sentido – Por trás das câmeras. A escolha desse livro foi por dois motivos, além do anúncio. O primeiro motivo: eu jamais pensaria em ver livros de youtubers recebendo resenha do site No Meu Mundo.  Segundo: é aproveitar a febre que está sendo os o lançamento de livro de youtubers e fazer uma comparação com o mesmo, pois a maioria dos livros atualmente lançados são biografias, o que bem, não é algo de se esperar neste livro em si.  Antes da resenha é bom deixar claro que esse livro foi lançado em 2013 e revisado por Raphael Dracoon. Sim, o autor de Dragões de Éter. Então vamos à resenha…

Ao contrário dos livros lançados por youtubers, Felipe Neto não vem para contar sua biografia, porém sua historia se mistura com a do seu canal, que é o ponto chave desse livro. Devemos esperar ver como foi à mudança na vida dele com o sucesso do Não faz sentido, com alguns toques do seu dia a dia. Felipe faz uma leve introdução da sua infância precária, no bairro do Engenho Novo, mas precisamente no buraco do padre, ou seja, temos uma introdução biográfica, com toques de comédia e conversas com o leitor, mas que em seguida o assunto é o final da sua adolescência, onde ele já da os primeiros passos para uma carreira no mundo do empreendedorismo.

Com muito humor, ele demonstra como conseguiu falir duas empresas que abriu, o retorno para a casa dos pais e ainda ser roubado por uma quadrilha que levou todas as suas economias. Conta também como foi sua formação, e o que a mesma colaborou para seu sucesso, além de falar como foi a polemica com o Fiuk e ter que trabalhar com o mesmo na propaganda de uma empresa de curso de idiomas. Porém, não espere nesse livro algo do gênero: como eu conheci minha namorada, isso não vai acontecer. O Sr Neto deixa bem claro que esta evitando falar de alguns assuntos pessoais, utilizando sempre o humor característico do livro.

O Humor do Sr Neto só desaparece quando certos assuntos tensos: como as partes que ele conta sobre a síndrome do pânico e a depressão que teve quando aconteceu à explosão do Não faz sentido. Tal humor reaparece ao contar sobre a criação da Parafernalha, que hoje não é mais do mesmo, ele vendeu o controle acional para uma multinacional francesa, e conta até mesmo coisas pessoais, com o seu inseparável caderno do botafogo. Eu ri sozinha em alguns pontos, como quando ele conta a chegada dele na sede da empresa de idiomas, onde ele conta sobre como conheceu o dono da mesma e como foi à assinatura do contrato.

Vale ressaltar que a visão dele mudou de 2013 para cá, e que ele deixou isso claro em seus novos vídeos e na sua peça, onde boa parte dela tem em detalhes melhores no livro, além de que o livro vem no estilo do não faz sentido, com palavrões e reflexões ao longo do texto. Felipe Neto não revelou detalhes do seu segundo livro, apenas que está na decima primeira pagina, porém disse que é uma ideia em que ele acredita muito. Eu espero que não seja apenas por modinha e que ele venha com algo inovador, sem crônicas ou fazendo livros como modinha como está sendo alguns livros desse gênero.

Nota: 7,5

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s