[Resenha] A Batalha dos Bastardos de Game of Thrones – Possui Spoilers

Esse post contém spoilers.

O que dizer sobre o nono episódio da sexta temporada? A cada momento do episódio todos os telespectadores estavam segurando suas respirações, suas máscaras de ar e os seus corações. Começamos com Daenerys Targaryen mostrando quem realmente manda em suas terras. Mesmo que Tyron tenha tentado dar um jeito e vamos admitir, ele tentou, nada como a Mãe dos Dragões para colocar ordem na bagunça. Tyron é claro, age como sempre sendo a consciência de Daenerys e colocando juízo na cabecinha dela, o que nos faz lembrar que na família Targaryen eles sempre são fadados a loucura e graças ao Tyron, ela toma uma outra atitude, indo para cima de quem realmente merece, os Mestres. Como Daenerys é uma rainha e não suja suas mãos, eis que o mar Dothraki aparece e acaba com tudo rapidamente junto aos dragões, já que ela finalmente libertou os outros dois. Daenerys Wins, todos já sabiam.

Mas se pensaram que iria acabar aí, quem surge querendo uma aliança? Yara (Ou Asha para quem acompanhou os livros) e Theon Greyjoy. Com sua frota de 100 navios e prontos para fazer um acordo com Daenerys naquilo que ela mais queria, levar o seu exercito para Westeros, assim conseguir uma aliança com a primeira grande casa, os Greyjoy, é claro que ela cobra o seu tributo, e os Greyjoy deixarão de fazer tudo aquilo o que sempre fizeram: matar, pilhar, estuprar etc. E eis que pela primeira vez, Westeros terá uma rainha em seu comando assim como as Ilhas de Ferro.

Então chegamos a parte que todos estavam esperando, até porque o episódio não tinha o título de Batalha dos Bastardos atoa. Começamos com Jon e Ramsay reunidos com seus homens de confiança para tentar não iniciar uma guerra, coisa que é claro não iria acontecer sabendo como Ramsay é, ele inclusive diz aos Starks que está com Rickon, jogando a cabeça de Cão Felpudo, o lobo gigante de Rickon, para comprovar o que diz. Jon tenta resolver aquilo só entre os dois em um combate, mas é lógico que isso não acontece, pois Ramsay tem seis mil homens contra talvez metade dos homens de Snow que se resumem aos selvagens, um gigante e alguns homens da casa Mormont.

Ao retornarem ao acampamento, Jon pede para Melisandre não trazê-lo de volta caso ele caia em batalha, mas como ela mesma deixa claro, isso não é uma escolha dele ou dela, e sim do Senhor da Luz, e se ele quis trazer Jon de volta a vida, foi por algum motivo, seja esse para morrer novamente ou não, após isso Jon se reuni com Sansa que pede a todo momento para que ele espere mais um pouco, já que ela tinha uma carta na manga, o corvo que tinha mandado para Mindinho, maaaas, como o que foi feito, está feito, o dia da batalha chega e quem está com Ramsay? Rickon preso através de cordas em seus pulsos.

Ramsay até o solta, dizendo ao garoto que deve ir até os irmãos e correr para isso. Rickon começa a caminhar, pelo menos até Ramsay começar a atirar flechas calmamente em sua direção. Rickon então corre na direção de Jon que ao perceber o que está acontecendo e o que vai acontecer, corre em seu cavalo na direção do garoto, a cada passo mais próximo de Jon, novas flechas vão caindo próximas de Rickon até que ele finalmente chega próximo o bastante de Jon, mas uma das flechas atinge em cheio o seu coração e o garoto morre no chão. Jon ao ver a cena entra em um momento de fúria e sai correndo na direção do exercito Bolton sozinho, mas o que ele não esperava era que ao chegar aos pés do exercito, os seus próprios homens estariam ao seu lado, enfrentando as casas vassalas dos Bolton.

A batalha começa finalmente com um mar de flechas dos Boltons sendo atiradas contra os dois exércitos sem se importar com quem é aliado ou inimigo, tudo ocorre de forma rápida, porém o exército de Jon em quantidade não é páreo para os Bolton, sendo cercados pela tropa e seus escudos em um circulo que se forma além da muralha de corpos que os homens abatidos se transformam.  

O desespero toma conta quando os selvagens começam a correr na direção da muralha de corpos para fugir e os Karstarks os cercam ali. Tormund que está junto com esses selvagens entra em uma batalha contra o Senhor da casa Karstark, matando o mesmo ao arrancar a sua jugular com uma mordida!!!

Em meio a todo o desespero da fuga de seus homens, Jon é jogado no chão e começa a ser pisoteado, sem ter chances de levantar ou respirar, sufocando aos poucos (e fazendo a todos que estavam assistindo sufocar também) até que escuta as cornetas de aviso do exército Arryn que chega para dar fim a batalha, enquanto o exército Bolton começa a ser dizimado, Jon e alguns de seus homens, incluindo o gigante (O último de sua espécie) vão na direção de Ramsay que foge com o rabo entre as pernas para Winterfell enquanto Sansa e Mindinho no alto da colina assistem toda a cena.

Não demora e Ramsay finalmente chega a Winterfell, avisando para os homens prepararem os arqueiros para uma possível invasão, tendo a crer em sua arrogância que ele poderia vencer aquela batalha, o que ninguém espera é que o gigante mesmo ferido e cravejado de flechas e lanças acaba destruindo os portões de Winterfell e junto aos homens de Jon, consegue entrar, mas é friamente assassinado por Ramsay com uma flechada na cabeça.

Quando Jon vê a cena com sangue nos olhos, Ramsay sugere que os dois resolverem aquilo entre eles como Jon quis antes da grande batalha, mas Ramsay covarde, começa a atirar flechas em Jon que protege-se com um escudo da casa Mormont e vai na direção dele, acertando-o com o escudo. Ao derruba-lo, Jon o ataca com socos ao ponto de quase matá-lo se não fosse a chegada de Sansa que o fez parar.

As bandeiras dos Bolton são retiradas de Winterfell e as dos Starks são colocadas no lugar de onde nunca deveriam ter saído.

Por fim, Sansa pergunta a Jon onde está Ramsay e vai ao encontro dele dentro das masmorras de Winterfell. Ao chegar, Sansa o encontra ferido pelos socos de Jon que provavelmente o teria matado se não fosse ela, Ramsay pergunta se ela está ali para matá-lo, mas diz que ela não conseguiria porque ele estava dentro dela.

Sansa então diz em um de seus melhores momentos na série “Suas palavras desaparecerão, sua casa desaparecerá, seu nome desaparecerá, as memórias sobre você desaparecerão.” Logo Ramsay Bolton escuta os barulhos dos cães que criava, falando a Sansa que eles o obedeceriam, que eram fieis. Mas Sansa o lembra e O NORTE SE LEMBRA, que ele não os alimentava há sete dias.

Os animais vão na direção de Ramsay que inutilmente tenta acalmá-los e controlá-los, sendo atacado por eles enquanto Sansa Stark assiste a cena, saindo no final com um sorriso triunfante. 

O que dizer desse episódio? Lamentamos a morte de Rickon? Em alguma parte sim, afinal é um Stark, mas o fato de Sansa finalmente deixar de lado a garota frágil que sempre foi e mostrar não só ao irmão como à todos que assistem a série que a sua personagem finalmente está evoluindo, nos dá orgulho de apesar de todos os males e tragédias que aconteceram, voltar a torcer pelos Starks, mesmo mantendo um pé atrás sempre.

Apesar do título, esse episódio deixa claro que apesar de tudo, as mulheres em Game of thrones mostram-se mais sensatas e prontas para o jogo do trono do que os homens.

Por fim, devemos dar parabéns a interpretação MARAVILHOSA de Iwan Rheon que em três temporadas foi o personagem que mesmo sendo um psicopata, adoramos odiar. Ele foi um ator que surpreendeu à todos como Ramsay Bolton em uma interpretação genial. Algumas pessoas comparam Ramsay a Joffrey, porém Joffrey nunca irá se comparar a Ramsay e a forma como ele irá deixar saudades.

Quem iremos odiar agora?

Xoxo, Gossip.. Não, pera! HSUHAUSHAUSHAUSHAU

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s