[Resenha] Grey

Na voz de Christian, e através de seus pensamentos, reflexões e sonhos, E L James oferece uma nova perspectiva da história de amor que dominou milhares de leitores ao redor do mundo.

Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido.

Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?

Falar de Grey é chover no molhado para pessoas que gostam de livros Hots e com temática BSDM. Não vai ter muitas surpresas, já que a história é contada por Chistian Grey, nosso amado Senhor Grey. Então vamos a minha opinião sobre o livro.

O livro inicia- se com o mundo de Christian Grey, mostrando toda sua riqueza e seu estilo. Um Grey que só pensa em dinheiro, luxo e sexo( óbvio, né?). E já está sentindo falta de ter uma submissa a seu bem- querer.

Logo temos Grey em seu império e recebe Anatacia Stelle para entrevistá- lo, o que deixa irritado, pois esperava Katherine para fazer a entrevista. Afinal, Mr. Grey não gosta de surpresas e nem que o contrariem. Anastacia é espirituosa, desastrada e tem um olhar cabisbaixo, o que atiça a curiosidade de Grey e o faz imaginar como seria esta jovem como submissa.

A partir deste momento Grey mostra- se um perseguidor e corre atrás de Ana, ao menos para tentar transformá- la numa submissa.

Num determinado momento Christian propõe uma relação sadomasoquista a Ana, e descobre que a mesma nunca teve um relacionamento, nem muito menos tenha tido relações sexuais.

O problema é que Christian se apaixona e vive um conflito interno sobre este sentimento que nunca sentiu e a vontade avassaladora de estar com Ana. Adento para Christian ser manipulador, psicótico, louco e perseguidor. Mas ainda encanta Ana que não aceita de imediato essa relação contratual com ele.

A relação desenrola com amor de ambos os envolvidos, mas nenhum dos dois dão o braço a torcer. Ana cede em algumas situações a relação sexual e dominadora que Christian propõe.

O livro dá detalhes de traumas de infância que não eram descritos em 50 Tons. Neste livro temos um Christian 50 vezes mais fodido e instigante. Ainda temos uma noção de toda loucura de Leila por Christian. O livro não tem nada de surpreendente, mas temos sim uma versão maravilhosa escrita por James sobre nosso amado Mr Grey.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s