[Resenha] Inimigo Sombrio – Trilogia Amada Imortal

Inimigo Sombrio – Nastasya está de volta a Rivers Edge, ainda se recuperando dos eventos traumáticos de Cair das Trevas. E, quem sabe, de um entendimento com Reyn, o gato escandinavo que fez parte da horda que destruiu o castelo de seu clã e matou toda a sua família. Só que quando representantes das oito casas imortais aparecem mortos e drenados de seus poderes, e os irmãos de River chegam ao retiro, ela descobre que há coisas muito mais graves em curso.

Inimigo sombrio é o terceiro e ultimo livro da trilogia Amada Imortal da autora Cate Tiernan. Eu gostei muito desse lado de vivenciar os devaneios da personagem e conseguir entende-la de uma forma plena e com todas as suas duvidas, medos e inseguras. Mas sinceramente achei que faltou muita explicação ficamos o tempo todo dentro da mente da Nas e o desenrolar da historia ficou meio a quem do esperado, pois foi tudo muito rápido.

Um dos pontos que achei mais mal desenvolvido é a historia das famílias imortais, seus objetivos e até mesmo o significado delas. Fica tudo muito aberto e sem explicação sendo que isso é um ponto importante na trama. Visto que parte da confusão toda é referente a um poder sombrio e misterioso que ronda tanto a Nastasya quanto a todos em River’s Edge, e ele é todo ligado a essas heranças familiares e o tema mesmo sendo falado é de uma forma vaga faltando profundidade.

Tiernan tinha um universo diferente nas mãos, imortais humanos (não são vampiros) e com poderes sobrenaturais. Você já imagina que sejam pessoas ruins que buscam fazer maldades e que a raça humana corre perigo. Tipo nada a ver, eles vivem como seres humanos normais, mas entendem a se recriar o tempo todo para conseguir fazer parte da sociedade e dos costumes da época. Existem exceções, claro, os próprios imortais criam conflitos entre eles por causa de poder.

Algo que gostei muito é a forma de como o passado de cada personagem se mescla com o presente. Fora toda a carga emocional e complexa de cada um. Foi bacana ver ao longo a trilogia a construção de suas personalidades e vivencias. O livro é sobre o processo de autoconhecimento e vivenciamos os seus altos e baixo na busca de se tornar alguém melhor.

O romance foi interessante, pois ele foi amadurecendo junto com a Nas e o Reyn, o passado que eles compartilhavam era muito complicado e cheio de amargura, mas os dois se permitiram se aceitar e aos poucos aprenderam a compartilhar a confiança e o amor. Sabe aquele clichê do você precisa aprender a se amar para então poder amar o outro. Então foi bem isso…

Passamos o livro inteiro querendo saber quem são as pessoas que estão utilizando magick das trevas e tentando encontrar justificativa para essa fome de poder e tudo mais e a batalha final simplesmente acontece de uma forma rápida e em pouquíssimas paginas acaba tudo. Eu gostei da trilogia, tiveram alguns pontos positivos, além de seus personagens bem construídos, só acho que a autora pecou no desenvolver de sua trama, finalizando questões importantes de forma superficial e genérica.

Trilogia Amada Imortal:

Amada Imortal;

Cair das Trevas;

– Inimigo Sombrio

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s