[Resenha] Vermelho como sangue – a trilogia da Branca de Neve

No congelante inverno do Ártico, Lumikki Andersson encontra uma incrível quantidade de notas manchadas de vermelho, ainda úmidas, penduradas para secar no laboratório de fotografia da escola. Cédulas respingadas de sangue.Aos 17 anos, Lumikki vive sozinha, longe de seus pais e do passado que deixou para trás. Em uma conceituada escola de arte, ela se concentra nos estudos, alheia aos flashes, à fofoca e às festinhas dominadas pelos garotos e garotas perfeitos.Depois que se envolve sem querer no caso das cédulas sujas de sangue, Lumikki é arrastada por um turbilhão de eventos. Eventos que se mostram cada vez mais ameaçadores quando as provas apontam para policiais corruptos e para um traficante perigoso, conhecido pela brutalidade com que conduz os seus negócios.Lumikki perde o controle sobre o mundo em que vive e descobre que esteve cega diante das forças que a puxavam para o fundo. Ela descobre também que o tempo está se esgotando. Quando o sangue mancha a neve, talvez seja tarde demais para salvar seus amigos. Ou a si mesma.

Este foi uma das grandes apostas da editora Novo Conceito trazendo Salla Simukka para seu hall de grandes autores.A história teve de tudo para ser perfeita.Gostei muito mas não foi uma grande descoberta.

Com uma história que tinha tudo para ser um suspense policial leva a um belo filme adolescente de sessão da tarde. Lumikki uma garota de 17 anos que vive sozinha (por motivos que não são totalmente explicados e só um vislumbre nos é dado no final do livro) estuda em uma escola de arte e ao adentrar na câmara escura de revelação da escola vê varias notas de 500 euros penduradas como que secando estendidas no varal de fotos.

A partir dai ela acaba seguindo alguns alunos que ela vê que são suspeitos Elisa, Tuukka e Kasper e descobre que são envolvidos. Então começam uma investigação para saber quem está envolvido com o dinheiro sujo de sangue e o porque.

A autora fez o nome da personagem e a Branca de Neve dos contos de fadas por esta ser a tradução na lingua eslovênia.

Toda a ação em volta das ações que os adolescentes fazem levam a protagonista a entrar no mundo das drogas e da rede de corrupções.

Não sei se amei ou não este livro. Posso dizer que quero muito saber como termina essa trilogia para poder ter um parecer melhor da historia.Por ora gostei da narrativa de Simukka, achei os personagens bons apesar de pouco participativos  (Já que a própria Lumikki que faz tudo e protagoniza tudo e se livra de tudo), mas acho que merece um credito pela possível evolução da trama.

Portanto os próximos volumes da trilogia Branca como a neve e Preto como ébano ainda são ansiosamente aguardados.

Nota:3/5

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s