[Resenha] A Tormenta de Espadas – Por Gabriel Miguel

A tormenta de espadas, o terceiro livro da série de George R. R. Martin, onde os Sete Reinos já sentem o rigoroso inverno que chega, mas as batalhas parecem estar mais cruéis e impiedosas. Enquanto os Sete Reinos estremecem com a chegada dos temíveis selvagens pela Muralha, numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas, Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, que se encontra entre eles, divide-se entre sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será que ele conseguirá vencer os desafios que não se resolvem apenas com a espada? Arya continua a caminho de Correrrio, mas mesmo alguém tão desembaraçado como ela terá grande dificuldade em ultrapassar os obstáculos que se aproximam. Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra; e Sansa, livre do compromisso com o homem que agora ocupa o Trono de Ferro, precisa lidar com as consequências de ser a segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon estariam mortos. No Leste, Daenerys Targaryen navega em direção às terras da sua infância, mas antes ela precisará aportar às desprezíveis cidades dos escravagistas. Mas a menina indefesa agora é uma mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar em uma conquistadora impiedosa?

Falar de A Tormenta de Espadas, terceiro livro da famosa série literária de fantasia “As Crônicas de Gelo e Fogo”, pode ser, à primeira vista, fácil e empolgante, já que é considerado por muitos como o melhor livro de toda a série já escrita até o presente momento. O grande problema é que tornou-se difícil selecionar o que falar de uma história tão recheada de chocantes reviravoltas sem contar spoilers. Do início ao fim George R. R. Martin consegue colocar os leitores sobre uma fina camada de gelo que a qualquer momento pode se rachar; e podem acreditar, na hora certa o gelo racha e o leitor se sente desamparado e sem seus personagens favoritos. É justamente essa fórmula tão prepotente, soberba e nada inocente que torna a leitura tão empolgante.

Um ponto a se chamar atenção nesse livro é que, pela primeira vez a batalha central da história se encontra distante do grande centro de poder que é Porto Real. Dessa forma, vemos um livro que foca principalmente nas decisões e estratégias políticas em detrimento das cenas de batalha em si, que ficam em segundo plano. Abro espaço aqui para elogiar a ótima construção de um personagem que é um dos melhores estrategistas dos Sete Reinos, Tywin Lannister, estrela a parte desse livro, que com suas estratégias tão bem pensadas torna o jogo político tão mais excitante nesse terceiro livro.

Os capítulos do Tyrion estão entre os melhores, como sempre. Agora um personagem mais psicologicamente trabalhado, tem que se submeter ao poder de seu maligno pai e injustas acusações de sua odiosa irmã. Seus capítulos entram gradativamente em grandes reviravoltas e termina em um dos capítulos mais misteriosos e chocantes do personagem até agora.

Os capítulos da Sansa se iniciam com o mesmo tom de livros anteriores, o que pode indicar uma história monótona. Grande engano, já que a personagem passa por um verdadeiro processo de amadurecimento e crescimento, com um final bastante intrigante que indica sua futura entrada no jogo dos tronos. Mal posso esperar pelos capítulos dela nos próximos livros.

O núcleo de Pedra do Dragão, narrado por Davos, que se inicia após a vergonhosa derrota na Batalha da Água Negra, se mostra enfadonho. Mas após um misterioso sumiço Martin trás tal núcleo de volta em um dos momentos mais tensos da história naquela que é uma das reviravoltas mais instigantes desse livro.

O núcleo da muralha parece ganhar vida própria nesse livro e faz com que todos os maçantes capítulos dos livros anteriores tenham um razão de existir, já que agora a batalha é iminente e a causa dos selvagens passa a ser bem mais materializada com a presença de Jon Snow entre os selvagens.

Os capítulos de Catelyn foram os mais tristes. Seu último capítulo, aquele que pode ser um dos mais cruéis já escritos, foi marcado por uma carga muito sombria onde se consegue enxergar aquilo que uma mãe realmente é capaz de fazer pela vida de seus filhos. Preparem-se para mais uma reviravolta chocante de tirar o chão de qualquer leitor.

Os capítulos de Jaime Lannister narram uma bela jornada pela própria história desse homem chamado “O Regicida”. Entender o personagem foi bem interessante e trouxe informações novas sobre a personalidade dele que fazem a gente repensar nossa opinião. Desafio alguém a terminar esse livro sem sentir um pingo de simpatia por Jaime Lannister.

Os capítulos de Daenerys ganharam novo fôlego após sua monótona estadia em Qarth no segundo livro. Ainda que esteja sempre se afastando de seu objetivo principal que é o trono de ferro ela passa a ser representada como uma grande conquistadora. E a grande questão imposta por Martin nesses capítulos foi: conquistar e governar são a mesma coisa? Podemos identificar também os primeiro problemas da Rainha Targaryen com seus dragões, o que pode prometer grandes problemas nos próximos livros.

E quando achamos que Martin não poderia nos surpreender com mais reviravoltas, já que o livro é recheado delas, ele nos brinda com um epílogo de tirar o fôlego e deixar todos os leitores sem chão.

Dessa vez Martin consegue com maestria demonstrar os efeitos e consequências da guerra em um livro de tirar o fôlego a cada página. Diferente dos primeiros livros consegue-se enxergar A Tormenta de Espadas como um grande divisor de água, já que Westeros nunca mais será o mesmo após os eventos deste livro cheio de intrigas, estratégias, casamentos e promessas de uma guerra ainda mais sangrenta no horizonte.

Livros publicados no Brasil até o momento:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s