[Resenha] O Destino do Tigre – Coleção A Maldição do Tigre

Com três profecias da deusa Durga solucionadas, agora resta apenas uma no caminho de Kelsey, Ren e Kishan para que a maldição seja quebrada. Mas o maior desafio do trio os aguarda: A busca pelo último presente de Durga – A corda de fogo – na Ilha Barren situadas na Baía de Bengala. Uma busca que ameaçará suas vidas. É uma corrida contra o tempo e o malvado feiticeiro Lokesh – neste ansiosamente aguardado quarto livro da série A Maldição do Tigre – colocará o bem contra o mal, testará laços de amor e lealdade, e , finalmente, revelará o verdadeiro destino do Tigre, de uma vez por todas.

“Destino do Tigre” é o ultimo livro da coleção A Maldição do Tigre da Colleen Houck, apesar de que para alegrar nossos coraçõezinhos com saudades dos nossos tigres será lançado agora em agosto “A Promessa do Tigre” é um spin-off que conta a história de Yesubai e todo o desenrolar antes do inicio da coleção.

Minha única reclamação é que meu livro veio com 4 ou 5 paginas rasgadas, como estava lendo os anteriores da coleção quando recebi só vi quando cheguei nele, tentei trocar, mas essas políticas de trocas online são super fail. OK! Isso não desmereceu o trabalho gráfico da capa, pois TODAS são incríveis, a diagramação do livro impecável. Meu único porém foi esse mesmo.

Nesse ultimo livro ocorrem muitas aventuras repletas de mitologia, batalhas épicas e super bem descritas. Sua trama evoluiu para algo realmente inesperado e rola algo meio “de volta para o futuro”, mas nesse caso é “de volta para o passado” de mala e cuia. Esse jogo de espaço de tempo é bacana, pois muda nossa perspectiva sobre muitas coisas e nos apresenta novos personagens.

Iniciamos o quarto volume com a Kelsey aprisionada pelo feiticeiro Lokesh, o que nos proporciona um conhecimento maior sobre o passado vilão, os amuletos e até mesmo sobre a maldição dos tigres. Fora toda essa Love story que ele está criando, querendo a Kells para dar continuidade na linhagem dele. Após ser resgatada pelo Ren e o Kishan, eles retomam a busca pelo ultimo objeto de Durga para finalmente dar um fim à maldição.

Engraçado é que a sensação que a historia nos passa é que em momento algum os personagens tinham escolhas a serem feitas, pois independente de tudo, os destinos deles já estavam traçados, então iria se cumprir mesmo assim. Ainda mais com essa ida ao passado ai que ficou mais claro ainda.

O fogo e a Fênix são bem importantes nessa nova aventura – achei muito boa diga-se de passagem – toda a simbologia do renascer das cinzas. O romance também foi bem trabalho e a forma como tudo foi se desenrolou é bem interessante, a autora deu muitas dicas, não só nesse livro, mas nos outros, de como esse triangulo amoroso terminaria e foi de uma forma tão sutil que eu realmente me surpreendi. O final do Kishan para mim foi o melhor.

A Kelsey ficou naquela: Ren você tem síndrome de herói e eu não posso ficar com você! Ô ô ô! Kishan você prioriza a mim, então independente deu amar loucamente outro eu fico com você.  AFFFFFFFFFFFFFF. Eu particularmente não gosto disso, porque ela ficou brincando com os sentimentos dos dois rapazes e eles não merecem.

Alguns personagens foram introduzidos na trama, como Anamika e seu irmão gêmeo, que estão conectados ao verdadeiro propósito da historia e a própria Durga, que teve uma presença muito maior, não mais só na parte de orientação, mas participando ativamente. A batalha em si foi incrível, a atmosfera foi muito envolvente.

A leitura foi rápida, não teve nenhuma ponta solta no fim da saga, o que prova que uma possível continuação não teria muita finalidade. Foi uma historia cheia de desdobramentos e que se aprofundou não só na mitologia indiana como em outras culturas e mitos, o que deu a esse universo criado pela autora um cenário deslumbrante, rico e com muitos elementos interessantes. Valeu a pena!

Fênix que Renasce

(Colleen Houck)

A Fênix que Renasce conhece seu destino?

De vir ao mundo, tornar-se forte, aprender a voar.

Construir um ninho, um companheiro procurar.

Dormir, ansiar e caçar no céu infinito?

Será que sabe que o fogo é seu futuro?

Que uma chama irá lhe pôr fim à vida?

Quando o calor que purifica animar a pira,

O esforço terreno tornando-o obscuro?

Será que o pavor o peito lhe penetra?

Será que se arrepende de escolhas feitas?

Será que a mágoa a crista lhe enfeita?

E que tem consciência do preço que perpetra?

Antes extraordinário, seu corpo queima

Enquanto lança gritos de pavor e dor.

Carbonizadas, suas penas perdem a cor,

Negando a vida, uma lágrima teima.

De morte tão medonha, outra alma

Nova, assumindo seu lugar, emerge.

Com determinação e propósito elege

Um glorioso amanhecer sem trauma!

Porventura a Fênix que Renasce agradece

As cinzas negras que lhe dão a vida?

Sabe ela que o fogo seu destino lapida?

Desfruta a terra quanto não perece?

 

Coleção Maldição do Tigre é composta por:

– A Maldição do Tigre;
O Resgate do Tigre;
A Viagem do Tigre;
– O Destino do Tigre;

Fora da coleção:
– A Promessa do Tigre;

Anúncios

2 pensamentos sobre “[Resenha] O Destino do Tigre – Coleção A Maldição do Tigre

  1. Pingback: [Resenha] A Promessa do Tigre – Prequel da Coleção A Maldição do Tigre | No Meu Mundo

  2. Pingback: [Resenha] O Despertar do Príncipe – Coleção Deuses do Egito | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s