Labirinto – A Magia do Tempo

Frustrada por ter de cuidar do irmão caçula enquanto seus pais estão fora, a adolescente Sarah (Jennifer Connelly) sonha em se livrar da criança, que não para de chorar. Atendendo seu pedido, o Rei dos Duendes (David Bowie), personagem de um dos livros de Sarah, ganha vida e sequestra o bebê. Arrependida, a menina terá de enfrentar um labirinto e resgatar o irmão antes da meia-noite para evitar que ele seja transformado em um duende.

Vi esse filme pela primeira vez com indicação de uma ex-amiga, que era fã de David Bowie e Jennifer Connelly e achei o filme tão maravilhoso, tão espetacular que vi mais trocentas vezes, para variar na época que vi o mostrei ao meu sobrinho que o viu mais milhões de vezes, ele tinha uns 4 anos na época e como o DVD que conseguimos só tinha legendado eu tinha que ler todas as vezes para ele (nem fiquei chateada), o que me fez decorar o filme todo, cheguei até mesmo escrever uma adaptação para teatro com o roteiro dele, que morreu por aí, mas aquele foi o filme da minha vida, eu gostava tanto dele, que cheguei a tatuar em minhas costas uma das frases da música tema desse filme.

O que eu mais gosto desse filme é o fato de que cada vez que você o vê tem um entedimento diferente e é um filme que tem muito poucos recursos, principalmente se comparado com os efeitos atuais, porém seu roteiro é tão rico que continua sendo o meu filme favorito.

Para completar o filme foi lançado no ano que eu nasci, por isso tenho certeza que o filme foi feito para mim, mas vamos lá, explicar o porque o filme é tão bom.

A mãe de Sarah era atriz e veio a falecer, mas sua principal peça de teatro foi “Labirinto – A Magia do Tempo” que conta a historia de uma garota que tinha que cuidar do irmão mais novo sempre, porém o irmão era muito egoista e queria tudo só para ele, mas o que ninguém sabia é que Jareth, o Rei dos Duendes gostava dessa garota e por isso quando a garota pediu para que levassem o irmão embora, os duendes levaram. Bem, pelo menos é o que dá para entender de como era a peça.

Sarah cresceu fascinada por essa peça, e após o falecimento da sua mãe ele se casou com uma mulher que Sarah odiava, a mulher teve um filho, chamado Tobby e as vezes Sarah ficava com o irmão para o pai e a madrasta sair, mas ela odiava isso. Um dia, depois que o irmão pegou um dos seus bonecos, Sarah com raiva pede para o Rei dos Duendes levar o seu irmãozinho embora e então ela tem seu pedido atendido.

Sarah então fica desesperada para ter seu irmão de volta, Jareth diz para ela que se ela quer o irmão de volta, deverá ir até o castelo no meio da cidade dos duendes e que ela tem apenas 13h para isso, Sarah então entra em uma jornada que terá que provar ser forte e corajosa ao enfrentar os labirintos que levam até a cidade.

O bacana do filme é que quando se é criança você apenas vê que foi uma aventura, quando se é adolescente você não sabe se aquilo aconteceu de verdade ou ela apenas sonhou e quando você é adulto você entende que tudo é uma analogia para o crescimento de uma criança, a aventura de Sarah pelo labirinto pode mostrar as fases do amadurecimento onde ela deixa de ser uma criança para ser uma adulta.

O filme é fantástico e se torna mais ainda ao perceber que o filme é feito com os 3 itens que mais dificultam as filmagens, o filme tem animais, bonecos e bebê, o que torna as coisas ainda mais complicadas.

As músicas foram criadas por David Bowie especialmente para o filme, inclusive a voz do bebê que aparece na música Magic Dance foi feita pelo próprio David Bowie.

Para não contar muito spoiller vou parar por aqui, qualquer dia desses eu vou “destrinchar” o filme para vocês, fazer uma analise dele, mas eu recomendo veja e não apenas veja, tente entender cada parte dele, com certeza ele vai virar seu filme favorito também.

Anúncios

Um pensamento sobre “Labirinto – A Magia do Tempo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s