[Resenha] A Viagem do Tigre – Coleção A Maldição do Tigre

Perigo. Desolação. Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor? Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia.

No entanto o irmão dele, Kishan, tem outros planos, e os dois competem por sua afeição, além de afastarem aqueles que planejam frustrar seus objetivos.

Em A viagem do Tigre, terceiro volume da série A Saga do Tigre, Kelsey, Ren e Kishan retomam a jornada em direção ao seu verdadeiro destino numa história com muito suspense, criaturas encantadas, corações partidos e ação de primeira.

* Contém spoilers de livros anteriores

“A Viagem do Tigre” é o terceiro e maior literalmente livro da coleção “A Maldição do Tigre” da Colleen Houck, como eu falei na resenha anterior o que me cativa nessa coleção é a mitologia e essa mistura de culturas. De certa forma ter uma protagonista que não é indiana e que não tem um vasto conhecimento de causa é muito bom, pois vamos aprendendo junto com ela.

Nesta terceira aventura nossos protagonistas precisavam encontrar o Colar de Pérolas Negras da deusa Durga para continuar a quebrar a maldição, porém esta missão os levou para a cidade perdida de Shangri-lá, ou também conhecida como Atlântida – tendo o mar como elemento principal e a mitologia grega sendo bem pontuada. Os desafios estão apenas começando para conseguir concluir seus objetivos eles precisaram enfrentar cinco dragões místicos, além de seus próprios sentimentos.

Após o regaste de Ren no final do segundo livro, muita coisa mudou, pois ele não se lembrava mais da Kells e sentia terríveis dores físicas cada vez que a tocava, mas mesmo assim voltou a se apaixonar por ela e até certo ponto conseguiram ficar juntos. É meio bizarro isso, pois ele queria tanto ficar com ela que ignorava a dor, mas nem sempre querer é poder. O que era um empecilho acabou se tornando um grande problema e terminar tudo pareceu ser a escolha mais plausível no momento. Sendo assim Kelsey caiu direto nos braços do Kishan, só que as reviravoltas são constantes.

Uma coisa que me cansa um pouco nessas histórias hoje em dia são esses triângulos amorosos. Não é que eu não goste dos casais, é que eu acho que em alguns momentos certas autoras forçam muito a barra. No caso da Colleen nesse livro, a Kelsey usa muito dos sentimentos dos dois tigres. A própria indecisão de Kelsey me deixou bastante frustrada, seus sentimentos são inconstantes e até um pouco fúteis. Do tipo ela aparece realmente gostar dos dois, mas ela AMA um só e mesmo assim persiste em se consolar nos braços do outro. Atitudes bem contraditórias. Eu não sei se é ela que me irrita mais ou se é o Kishan que se permite ser apenas um consolo.

Outro ponto digno de menção foi o fato de todos os homens da historia caírem de amores por ela. Quando eu digo todos, quero dizer todos mesmo, é meio bizarro.

As lendas introduzidas durante a história são muito bem elaboradas e nesse livro devo dizer que a jornada deles foi muito interesse. Cada dragão com sua peculiaridade, cada fase sendo passada, nem sempre com o uso da força e das habilidades dos tigres, mas com a importância dos sentimentos de cada um e o enfrentar de seus medos. A narrativa de inicio foca demais em relacionamentos sendo um pouco maçante e cansativa, mas o desdobramento teórico e essa busca de informações até chegar na aventura em si vale a enrolação inicial e por fim a narrativa fica mais ágil e fluida. Sem contar que a autora continua descrevendo muito bem os lugares e objetos que aparecem na trama, o que nós transporta direto para aquele universo.

Como sempre acontece nesta coleção os seus desfechos são muito bons e fazem com que a gente queira começar o outro livro na mesma hora.

Coleção Maldição do Tigre é composta por:

– A Maldição do Tigre;
– O Resgate do Tigre;
– A Viagem do Tigre;
– O Destino do Tigre;

Fora da coleção:
– A Promessa do Tigre; (será lançado este ano)

Anúncios

2 pensamentos sobre “[Resenha] A Viagem do Tigre – Coleção A Maldição do Tigre

  1. Pingback: [Resenha] A Promessa do Tigre – Prequel da Coleção A Maldição do Tigre | No Meu Mundo

  2. Pingback: [Resenha] O Despertar do Príncipe – Coleção Deuses do Egito | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s