[Resenha] The Walking Dead: O Caminho para Woodbury

 - Desculpe, estou tão... - diz ele com um tom que mal chega a ser um sussuro.         - Está tudo bem, Josh. Tudo bem. Vou estar sempre aqui para você. Estou com você agora.

Em o Caminho para Woodbury, conhecemos a garota meiga e heróica, Lilly Caul. Após sair de um grupo de velhos e medrosos, acompanhando um homem que salvou sua vida e acompanhada por sua melhor amiga e seu “namorado” maconheiro, e por um cara qualquer chamado Bob Stookey (Sim, minha gente, o mesmo bêbado que está com a Maggie e com a Sasha). Eles saem do acampamento antigo e vão parar no melhor lugar para se viver após o apocalipse, Woodbury. Neste livro, vemos quais são as intenções do nosso querido Governador e o que ele é capaz de fazer para defender a sua tão amada e querida cidade.

Conseguiu superar o primeiro, mesmo contando com novos personagens, este livro soube exatamente como destinar cada pessoa. A cada página, vemos que os autores vão ficando cada vez mais experiente e assim, conseguem realizar uma boa e ótima obra de suspense, com romance e ficção científica.

A dupla dinâmica Jay Bonansinga e nosso querido Robert Kirkman se juntaram novamente para dar uma continuação a história do vilão mais querido de toda a TV. E mesmo o enrendo não começando com o Governador, sua chegada foi brilhante.

A principio pensei que os livros estavam sendo baseados na série em si, que estava somente contando a história do Governador antes de chegar a Woodbury e conhecer Martinez e seus outros aliados. Comecei a notar que se baseia na HQ, por conhecer os grandalhões Gabe e Bruce, que quase não aparecem naTV, ou se aparecem, eu não me lembro. E pelo ponto principal, o fato de Lilly aparecer na série, mas se chamar Lilly Chambler, ser irmã da Tara, ter uma filha e seu pai estar doente. Esta pode não ser as pessoas/personagens em si, mas elas se baseiam nos livros e HQs.

Conhecendo o lado sombrio do Governador, vemos que ele é capaz das coisas mais absurdas e agoniantes que já ouvimos falar, mas, se trata do Governador, o homem que mantém sua filha em um cativeiro alimentando ela com pedaços humanos.

Vale muito a pena ler. O livro só perde para o terceiro volume da série, “A Queda do Governador”. Ele é a continuação de A Ascensão do Governador (Veja a crítica aqui).

Anúncios

2 pensamentos sobre “[Resenha] The Walking Dead: O Caminho para Woodbury

  1. Pingback: [Resenha] The Walking Dead: O Caminho para Wood...

  2. Pingback: [Resenha] The Walking Dead: A Queda do Governador – Parte Um | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s