[Resenha] Para Sempre – Kim e Krickitt Carpenter

Neste livro temos Kim e Krickitt Carpenter, nos relatando como foi o período mais negro e ao mesmo tempo mais milagroso de suas vidas, não foi um romance de folhetim, ou um dos contos de fadas modernos, ou algo floreado, nem nada parecido com os romances dramáticos de Sparks. É apenas uma história, um relato de vida, amor e fé, que foi tão real, que fez com que seus personagens escrevessem esse livro para que sua lição de amor fosse passada a diante, e quem sabe assim, ensinar algo de bom a gerações futuras.

Se você quer ler em procura de amores proibidos, paixões avassaladoras, dramas de  amor e ódio, e diálogos picantes, com frases de tirar o folego… ligue a tv ou procure outra coisa para ler, uma revista talvez? Por que o que vão encontrar é a história de duas almas gêmeas, que se conheceram, se apaixonaram, e foram cruelmente separadas pela  tragédia, mas que a força do amor foi capas de unir.

Confesso que fiquei emocionada com essa história, Kim levou seus votos de ”até que a morte nos separe” mais a sério do que a maioria das pessoas (se não todos) seria muito fácil desistir, e cá entre nós, as pessoas tende a ter muita facilidade em desistir quando as coisas ficam difíceis. Mas não, ele cuidou da sua esposa ”na alegria e na tristeza, na saúde e na doença…”  ele a ensinou a andar, ir  no banheiro, foi pai, técnico, médico, enfermeiro, amigo. E quando estava a ponto de desistir de tudo, vendo sua indiferença com ele, Kim decide aceitar os concelhos  dos amigos e procura ajuda profissional, um bom psicologo, que da a ele as ferramentas para descobrir que reconquistar a mulher que ele ama é o único modo para voltar a ser feliz.

O livro é bem fino, com apenas 144 páginas (do tipo q se lê em minutos)  amareladas, letras de bom tamanho, e uma capa fofa inspirada no filme. E por falar em filme…

O filme ”Para Sempre” inspirado no livro, é muito bonito, bem floreado, estrelado pelos atores Rachel McAdamsChanning TatumJessica Lange  (que eu particularmente adoro) dirigido por Michael Sucsy, mas se você leu o livro, prepare-se, porque o filme é completamente diferente! Mas esta tudo diferente de mais! Quase nem lembra o livro.

Krickitt tem um ex namorado que ela fica correndo atrás, ela não falava com a família a anos, seus pais ODEIAM seu marido, e tem um super segredo, ela é artista plástica, Kim trabalha em uma gravadora (Tipo o esporte os uniu!) Ele podia ter um trabalho relacionado a esportes, uma vez que foi isso que os uniu na vida real. A recuperação dela é quase instantânea e Kim não precisa ajuda-la, sendo que o ponto forte do livro é a dedicação de Kim a cuidar incansavelmente de sua esposa, se esquecendo de suas dores e de sua vida,  mesmo sem ela lembrar dele. Enfim as mudanças são muitas, claro que o foco da história é o mesmo…acidente de carro, ela perde a memória, ele tenta reconquista-la, mas fora isso nem parece a mesma história.

CURIOSIDADES

1.  Fotinho do casamento de Kim e Krickitt os  verdadeiros Leo e Page.

2. A foto do carro após o acidente. Sim a coisa foi feia.

3. A família nos dias de hoje. Krickitt ainda não recuperou sua memória porém aprendeu a amar Kim novamente e hoje eles tem dois filhos.

2 pensamentos sobre “[Resenha] Para Sempre – Kim e Krickitt Carpenter

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s