[Resenha] Último Sacrifício – Academia de Vampiros

Esta matéria possui spoilers do livro “Último Sacrifício” e de livros anteriores da série “Academia de Vampiros”.

Rose Hathaway sempre jogou com suas próprias regras. Ela quebrou as regras quando fugiu da Academia St. Vladimir com sua melhor amiga e a última princesa Dragomir sobrevivente, Lissa. Ela quebrou as regras quando se apaixonou por seu maravilhoso e fora-dos-limites instrutor, Dimitri. E ela ousou desafiar a Rainha Tatiana, a líder do mundo Moroi, arriscando sua vida e reputação para proteger futuras gerações de guardiões dhampir. Agora a lei finalmente pegou Rose por um crime que ela sequer cometeu. Ela está presa pelo mais alto crime imaginável: o assassinato de um monarca. Ela precisará da ajuda de Dimitri e Adrian para encontrar a única pessoa viva que pode atrasar sua execução e forçar a elite Moroi a reconhecer uma chocante nova candidata ao trono real: Vasilisa Dragomir. Mas o relógio está correndo contra a vida de Rose. Ela sabe em seu coração que o mundo dos mortos a quer de volta… E desta vez ela realmente não tem uma segunda chance. A grande questão é: quando sua vida é dedicada a salvar os outros, quem vai te salvar?

Depois de tanta dor, de tantas e tantas lágrimas e estacas, de todo aquele turbilhão efervescente de emoções; finalmente chegamos ao final do último livro de “Academia de Vampiros”, com certeza a melhor série de romance sobrenatural YA que eu já li.

Em “Último Sacrifício” Rose agora está presa por ter sido acusada pelo assassinato da rainha Tatiana, que antes de morrer, deixou um bilhete misterioso que dizia que Lissa Dragomir possuía um irmão(a) sendo esse bilhete a única pista que Rose possui para tentar desvendar esse grande mistério.

Após um  plano muito bem elaborado por Abe e seus amigos, Rose consegue fugir da Corte junto com Dimitri, e agora eles têm que encontrar o irmão perdido de Lissa, enquanto na Corte, Lissa e seus amigos tentam descobrir quem matou Tatiana e livrar Rose da execução que a espera.

Dessa vez Richelle Mead  trouxe um caráter totalmente político e intrigante para a estória, algo já deixado claro no final de Laços do Espírito. Sem deixar seu curioso senso de humor de fora, é claro, algo que me faz amar ainda mais essa série. Sua versatilidade me deixou boquiaberta, devo admitir. Principalmente se lembrarmos que em ‘O Beijo das Sombras’, o mais perto de política que a estória chegou foram com as intrigas entre Mia e Lissa – nenhum bicho de sete cabeças.

Richelle é mestre em entreter e grudar o leito a suas estórias com o seu desenrolar surpreendente e seu jeito único de descrever os fato. Aproveitando todos os personagens, até aqueles esquecidos no tempo e dando a eles um papel importante ou crucial dentro do enredo.

No fim das contas, muito mais do que o romance conturbado entre Rose e Dimitri, além de toda a tensão com o ambiente político que se instalou dentro dos livros, o que eu gostei muito de ver e sentir foi o amadurecimento das protagonistas. Mesmo o livro sendo pelo ponto de vista de Rose, desde “O beijo das Sombras” quem acompanhamos o drama tanto dela quanto de Lissa.  E foi uma delícia acompanhar as pequenas vitórias, as reviravoltas e os obstáculos que essas duas precisaram enfrentar. Ambas cresceram muito neste volume. Especialmente a Lissa. De fato, parece mesmo que se passou um longo tempo desde “O Beijo das Sombras”. As personagens cresceram sem perderem suas essências. Eu acho isso importante, porque cada livro é uma jornada. E se depois de seis livros as duas continuassem as mesmas, eu me sentiria muito frustrada. Mas não foi o que aconteceu aqui.  Que bom.

Eu gostei desse livro, mas tenho que confessar que fiquei meio decepcionada com a falta de rumo de alguns personagens importantes e principalmente com a situação de cortar o coração que Richelle deixou um de seus personagens mais importantes. Isso me fez ficar com raiva da Richelle, ficar com raiva do Dimitri e principalmente cheia de raiva da Rose por ter deixado a coisa chegar aquele ponto.

Mas essas reação visceral é o grande barato de ler os livros da Richelle Mead, não apenas Academia de Vampiros, mas todos os livros que eu li dela. Ela acaba com a vida dos personagens e com a nossa, sem pena. E mesmo como leitor, você acaba por comprar a briga dos personagens e aquilo que ela fez o Adrian passar, mesmo reconhecendo o quanto Rose e Dimitri foram feitos um para o outro, me doeu – mas me doeu demais!Rose não foi justa com o meu bebê. Acabei sofrendo muito com ele e quando me coloco no lugar dele acho que eu  diria coisas muito piores para Rose (acho que daria até uma sacudidas com força nela!). Fora que terminar o livro sem saber o que acontecia com ele me deixou louca!

Na época eu não sabia da série Bloodlines, spin-off de Academia, que Richelle criou para resolver a vida desses personagens que ficaram soltos na estória e todos os outros ganchos que ela deixou para trás.

Richelle criou um mundo e uma obra maravilhosa que deixou muitas saudades e um vazio gigante dentro de mim. Sinto-me órfã todas às vezes que penso que acabou. Pelo menos agora temos a série Bloodlines, que por ser um spin-off nos mantem em contato com esse universo e ainda trás o Adrian como um dos protagonistas. Além dessa nova série, em 2014 estreará nos cinemas o primeiro filme da franquia, que recebeu o nome de “Irmãs de Sangue”, trazendo no elenco Zoey Deutch (Rose Hathaway), Danila Kozlovski (Dimitri Belikov) e Lucy Fry (Lissa Dragomir) entre outros.

Todos os volumes da série já foram publicados no Brasil, são eles:

E uma spin-off, Laços de Sangue, que já teve seu primeiro volume publicado no Brasil.


Anúncios

9 pensamentos sobre “[Resenha] Último Sacrifício – Academia de Vampiros

  1. Pingback: [Resenha] O Beijo das Sombras – Academia de Vampiros | No Meu Mundo

  2. Pingback: [Resenha] Aura Negra – Academia de Vampiros | No Meu Mundo

  3. Pingback: [Resenha] Tocada Pelas Sombras – Academia de Vampiros | No Meu Mundo

  4. Pingback: [Resenha] Promessa de Sangue – Academia de Vampiros | No Meu Mundo

  5. Pingback: [Resenha] Laços do Espírito – Academia de Vampiros | No Meu Mundo

  6. Pingback: [Notícias] Fãs de “Academia de Vampiros” organizam um abaixo assinado para ter o filme no Brasil! | No Meu Mundo

  7. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha…me fez se interessar pelo livro….mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei… se trata de um livro arrebatador…ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos…..e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história…..acesse o link da livraria cultura e digite reverso…a capa do livro é linda
    http://www.buqui.com.br/ebook/reverso-604408.html

    Gostar

  8. Pingback: [Resenha] O Sangue – As Aventuras do Caça Feitiço | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s