[Resenha] Frágil Eternidade

No terceiro volume da série Wicked Lovely, o amor e as disputas entre seres mágicos e mortais mais uma vez estão em cena. O jovem Seth, como qualquer apaixonado, quer ficar perto de sua amada Aislinn para sempre; mas muita coisa mudou na vida da menina desde que ela foi escolhida pelo sedutor Keenan, o Rei da Corte do Verão, para ser sua rainha. Dividida entre sua vida normal e um destino do qual parece ser incapaz de fugir, Aislinn precisará enfrentar desafios e tentações que jamais poderia imaginar em mais um emocionante capítulo deste arrebatador conto de fadas do século XXI.

O terceiro volume da série Terrível Encanto (Wicked Lovely) saiu no Brasil esse ano e apesar de pouco conhecida a série, ela vem ganhando o coração de cada vez mais leitores, eu sou uma fã enorme da série Terrível Encanto, desde o lançamento do primeiro eu tenho contado o dia para o lançamento dos próximos e com Frágil Eternidade não foi muito diferente, ia todos os dias na livraria torrar o saco das atendentes para ver se o livro tinha saído até que finalmente o tive em minhas mãos.

Assim como os demais livros, a capa desse é de causar inveja, tendo sempre a lombada de livro antigo e a capa com um desenho de tirar o folego ele se torna bem chamativo, a cada capa temos um personagem, sempre o personagem de destaque, na capa dos livros, dessa vez pelo o que pude identificar a personagem na capa é a Sorcha rainha da Alta Corte.

Em Terrível Encanto, o foco do livro volta à Keenan, Aislinn, Donia e Seth, tendo ainda um destaque para Niall e passamos a conhecer os membros da Alta Corte e principalmente Sorcha, a rainha da Alta Corte, no começo ela é um pouco sem graça, mas vai ganhando seu espaço à medida que a conhecemos e não tem como acha-la fofa no final.

Mas confesso que me decepcionei um pouco com Frágil Eternidade, não por não ser um livro maravilhosos, mas é que criei muitas expectativas ao ler Tinta Perigosa, que é o melhor livro da série, de forma que Frágil Eternidade ficou abaixo das minhas expectativas, mas ainda é um excelente livro se não o compararmos com o seu anterior.

Para quem gostou de Terrível Encanto, certamente irá gostar muito desse, já que o foco dos personagens é o mesmo do primeiro livro, nesse entendemos a fragilidade de Seth por ser um simples mortal circulando no mundo de criaturas fantásticas, onde a menor e mais fraca das criaturas pode acabar com ele em um piscar de olhos, mostra também como Seth se sente incapaz de proteger sua amada Aislinn de qualquer perigo que possa acontecer.

O relacionamento de Keenan e Donia é colocado à prova, pois Aislinn é a rainha do verão e portanto parceira de Keenan, eles possuem uma ligação entre os dois que nunca sentirão por Seth, no caso de Aislinn e Donia no caso de Keenan.

Eu confesso que nunca gostei de Keenan e não era muito fã da Aislinn, nesse livro isso apenas intensificou, Niall, apesar de não estar ligado tão diretamente ao foco do livro, aparece bastante e não sei se é porque eu já o amava desde Tinta Perigosa, mas para mim ele se torna ainda mais fantástico.

Com esse livro se fecha os quatro reinos, pois já conhecemos bem eles, seus reis, suas criaturas e suas características, o que torna o mundo encantado ainda mais especial.

Gostei do livro, recomendo que leiam e não criem altas expectativas para esse livro, ele é mais um livro de continuação na minha opinião, na verdade o final do livro mostra um pouco o que pode vir a acontecer no próximo livro da série, por isso ele se torna essencial para a série.

Coleção Wicked Lovely:

– Terrível Encanto;

– Tinta Perigosa;

– Frágil Eternidade;

– Sombras Radiantes;

-Darkest Mercy (tradução livre: Misericórdia Obscura)

Anúncios

5 pensamentos sobre “[Resenha] Frágil Eternidade

  1. Pingback: [Resenha] Terrivel Encanto – Um novo ponto de Vista | No Meu Mundo

  2. Pingback: [Resenha] Tinta Perigosa – Um novo ponto de Vista | No Meu Mundo

  3. Pingback: [Resenha] Sombras Radiantes – Coleção Wicked Lovely | No Meu Mundo

  4. Pingback: [Resenha] Sombras Radiantes – Um novo ponto de vista | No Meu Mundo

  5. Pingback: [Resenha] Contos de Fadas e Pesadelos | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s