[Resenha] Cidade de Vidro

Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

Com certeza o melhor livro da série até o momento. Quem não gostou dos dois primeiro livros, vale a pena insistir na leitura apenas para chegar até aqui. Acho que se quisesse, a autora poderia ter encerrado a série neste volume mesmo, mas para alegria dos fãs e a pedido da editora, a série Os Instrumentos Mortais ganhou mais três livros.

Cidade de Vidro tem um ritmo muito bom e fica praticamente impossível parar de lê-lo. Além da grande dinâmica dos acontecidos, encontrei algo nas páginas dele que simplesmente amo demais: RESPOSTAS – oh sim, respostas!

Finalmente entendemos porque Clary, Jace e o novo personagem Sebastian são tão especiais. Entendemos melhor o Valentim, o poder de Clary, o papel de Luke na guerra, Jocelyn…

Este livro é bom do inicio ao fim. Amei a ambientação em Idris, os cenários e a evolução que Cassandra Clare teve ao longo da série. Ela soube trabalhar cada vez mais os detalhes e as emoções que estes causavam nos personagens tornando a leitura extremamente agradável.

Simon ganhou ainda mais destaque e acabou tornando-se uma peça muito importante para a estória.  O crescimento psicológico do personagem desde o primeiro livro ficou nítido nessa terceira etapa. Achei que ele  soube lidar muito mais com os desafios que sua nova condição lhe impôs e até mesmo sua relação para com as pessoas ficou muito mais madura.

Pra quem gosta de ler antes de dormir e fizer isso com esse livro, vai varar a madrugada (tenho certeza). Digo isso porque o livro ficou ainda mais cativante e bem escrito do que os dois anteriores, fora a quantidade de ação e a forma como os capítulos terminam – faz com que você corra imediatamente para os capítulos seguintes.

Sério gente, rola muita coisa boa. Você fica sem fôlego inúmeras vezes durante a leitura e Cassandra  nos dá alguns sustinhos que aiiii!!

Livro da Série os Instrumentos Mortais lançados no Brasil até o momento:

6 pensamentos sobre “[Resenha] Cidade de Vidro

  1. Pingback: [Resenha] Cidade dos Ossos | No Meu Mundo

  2. Pingback: [Resenha] Cidade das Almas Perdidas | No Meu Mundo

  3. Pingback: [Resenha] Cidade das Cinzas | No Meu Mundo

  4. Pingback: [Resenha] Cidade dos Anjos Caídos | No Meu Mundo

  5. Pingback: [Resenha] Cidade do Fogo Celestial | No Meu Mundo

  6. Pingback: [Resenha] Dama da Meia-Noite – Trilogia Artifícios das Trevas | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s