[Resenha] O Restaurante no Fim do Universo

O que você pretende fazer quando chegar ao Restaurante do Fim do Universo? Devorar o suculento bife de um boi que se oferece como jantar ou apenas se embriagar com a poderosa Dinamite Pangaláctica, assistindo de camarote ao momento em que tudo se acaba numa explosão fatal? A continuação das incríveis aventuras de Arthur Dent e seus quatro amigos através da galáxia começa a bordo da nave Coração de Ouro, rumo ao restaurante mais próximo. Mal sabem eles que farão uma viagem no tempo, cujo desfecho será simplesmente incrível. O segundo livro da série de Douglas Adams, que começou com o surpreendente “O Guia do Mochileiro das Galáxias”, mostra os cinco amigos vivendo as mais inesperadas confusões numa história cheia de sátira, ironia e bom humor. Com seu estilo inteligente e sagaz, Douglas Adams prende o leitor a cada página numa maravilhosa aventura de ficção científica combinada ao mais fino humor britânico, que conquistou fãs no mundo inteiro. Uma verdadeira viagem, em qualquer um dos mais improváveis sentidos.

Continuando meu martírio, tenho que dizer que é sim um martírio essa leitura, esse segundo volume é um pouco melhor que o primeiro, o autor continua com sua veia de piadas nerds sem sentido.

Porém nesse livro os nossos personagens principais continuam de onde pararam no primeiro livro logicamente, o até então foco principal é na busca da pergunta para a felicidade eterna que teria como resposta 42 .-.

Os personagens voltam a se envolver em confusões na galáxia, só que dessa vez acabam indo parar num restaurante que simula o fim do mundo todo o dia e acabam comendo carne escolhida pelo próprio boi que vai ser sacrificado, além de bebidas meio que estranhas.

No fim de tudo eles acabam pegando a nave de um cantor problemático que supostamente era um dos amigos de Ford e acabam voltando demais no tempo indo parar na Terra pré cambriana sendo talvez a causa da morte dos dinossauros no nosso planeta.

Devo ressaltar que muita coisa citada no livro seria útil nos dias de hoje , como o elevador que te leva exatamente para a lateral do seu carro no estacionamento lotado.

Mais uma vez no geral esse livro é melhor que o primeiro mais não teve o dom de prender minha leitura como alguns livros que eu leio.

Compareça ao Dia da Toalha para saber muito mais sobre a saga

Advertisements

2 pensamentos sobre “[Resenha] O Restaurante no Fim do Universo

  1. Pingback: [Resenha] O Restaurante no Fim do Universo | Fi...

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s