[Resenha] Tormenta

Quantas vidas você precisa viver antes de encontrar alguém que valha a pena morrer? Como consequência do que aconteceu na Sword & Cross, Luce foi escondida por seu namorado que é um anjo amaldiçoado, Daniel, em uma nova escola repleta de Nephilim, descendentes de anjos caídos e seres humanos. Daniel prometeu que ela estará segura aqui, protegida daqueles que querem matá-la. Na escola a Luce descobre o que as Sombras que a seguiram durante toda a sua vida significam – e como manipulá-las para ver dentro de suas outras vidas. Ainda assim, quanto mais a Luce aprende sobre si mesma, mais ela percebe que o passado é sua única chave para desbloquear seu futuro… e que Daniel não lhe disse tudo. E se a versão dele do passado não é bem como as coisas realmente aconteceram… e se a Luce era para estar realmente com outra pessoa?

Tormenta é sequência de Fallen, onde conhecemos o amor impossível que dura milênios entre um anjo e uma humana, Lucinda e Daniel. Embora muitas pessoas não tenham curtido a ideia de Fallen, eu particularmente gostei quando o li pela primeira e única vez. A estória tem um Q de mistério e suspense que cercava o sombrio reformatório Sword & Cross que acaba realmente prendendo e fazendo você querer ler desesperadamente a continuação para responder todos os porquês que o livro deixa pra trás.

Por isso assim que terminei de ler Fallen, corri para a livraria mais próxima e comprei Tormenta. Comecei a ler o livro na viagem de volta pra casa mesmo, e para a minha grande infelicidade, não poderia ter sido mais decepcionante. Estava esperando respostas para as minhas perguntas e o que eu encontrei pelo caminho foram ainda mais perguntas deixadas por Lauren Kate.

Tormenta começa exatamente onde paramos em Fallen, a vida de Luce está ainda mais conturbada agora que ela sabe o que Daniel é, sabe que ele é sua alma gêmea e sabe o básico sobre a maldição que envolve os dois – ela e nós leitores.

Mas de repente, ela é surpreendida pelas novidades de seu novo namorado que a leva para uma escola diferente e não fica com ela, alegando que a separação seria apenas por algumas semanas e que a Shoreline School seria um lugar onde ela estaria protegida e onde poderia se desenvolver.

Então, nesta nova etapa da vida conturbada de Lucinda Price, nessa nova escola; somos apresentados a uma GRANDE quantidade personagens que não adicionam nada demais a estória, tirando um ou outro aqui ou ali, senti pouca profundidade na grande maioria deles e achei desnecessária a apresentação de muitos outros. Tudo para encher linguiça e apresentar o dia a dia numa escola tudo de novo.

Se no primeiro volume se podia dizer que o mistério era a grande chave da história, em Tormenta na minha opinião, o elemento desconfiança é a grande jogada da autora.

Luce está sozinha na Shoreline School, tendo que começar de novo, tendo que se adaptar mais uma vez a escola e a novos amigos. Tendo que aprender a confiar no terreno que pisa mais uma vez.

Mas o maior conflito de Tormenta, é a relação entre Daniel e Luce. Daniel sabe muito sobre Luce e Luce não sabe praticamente nada sobre Daniel. Sabe que o ama apenas porque sente a ligação invisível que une os dois. Daniel quando aparece, praticamente nunca pode responder os questionamentos de Luce, sempre vem com uma resposta evasiva ou diz que não pode responder, que ela precisa apenas ficar na escola e confiar nele. Isso acaba gerando uma grande inquietação desconfiança e insegurança dentro de Luce. Assim ela passa a se perguntar como seria sua vida se não fosse por Daniel, se ela não estivesse inteiramente ligada a ele. Como saber se um amor é realmente eterno e verdadeiro se não houve chance para outro amor, por outra pessoa, acontecer?

Mesmo assim não acreditei no que estava lendo quando um novo romance começou a surgir para ela. O Daniel e o Cam já não eram o suficiente Lauren Kate?Tinha que haver mais outro?Não gostei dessa tentativa furada de inovação.

Fora que fiquei ainda mais incomodada com Luce, no primeiro livro achei ela meio mimi, cheia de autopiedade e lenta para descobrir coisas que era óbvio para todo mundo exceto para ela. Mas em Tormenta… ahhh… Ela se superou. Achei ela uma pessoa totalmente influenciável totalmente maria-vai-com-as-outras, totalmente “quero ser muito legal, mas vejam só, eu não sou”. Sem tirar uns momentos de egoísmo que eu até entendo, mas que mesmo assim me irritou. A autopiedade aguçada continuou na potência máxima.

Quanto ao Daniel, acho apenas um personagem muito mal construído e acredito que ele ainda há de mostrar o seu valor – por favor.

Senti falta do Cam, que é de longe o meu personagem favorito e ao contrário do Daniel, acho ele o mais sincero de todos.

Tirando alguns erros de edição, achei que a autora pecou novamente na construção da estória. Você ler ler ler e não chega a canto nenhum. A autora deu muitas voltas e não esclareceu praticamente nada. Muitas vezes eu me via chateada por ela estar explicando detalhes do que havia sobre a mesa do café da manhã ao invés de me explicar porque Lucinda estava de fato na Shoreline ou por que ela entrava em combustão todas às vezes que reconhecia Daniel nas vidas passadas.

Assim como em Fallen, a estória só fica boa realmente nas páginas finais, o que deixa você louca para ler a sequência dele, Paixão.

A série conta com 4 volumes e todos eles já foram publicados no Brasil.

Além de “Apaixonados” que é um livro complementar a série Fallen.

Anúncios

5 pensamentos sobre “[Resenha] Tormenta

  1. Super concordo com você. Gosto muito da série, mas fiquei super irritada com a leitura desse livro. Quer dizer, com praticamente todos eles. Lauren Kate ama encher linguiça, por mais legalzinha que seja a estória. Ótima resenha.

    Gostar

  2. Pingback: [Resenha] Fallen – Lauren Kate | No Meu Mundo

  3. Pingback: [Resenha] Paixão | No Meu Mundo

  4. Adorei a resenha, mas particularmente, achei o livro bem sem graça, faltou MUITA coisa para deixar esse livro legal, Kate me irrita muita na forma de escrever, a leitura se torna cansativa e monótona. E a Luce, por favor, ela é muito chata, para mim o que salva os livros são os coadjuvantes.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s