[Resenha] As aventuras do Caça-feitiço – O Aprendiz

Thomas Ward é o sétimo filho de um sétimo filho e se tornou aprendiz do Caça-Feitiço. A missão é árdua, o Caça-Feitiço é um homem frio e distante, e muitos aprendizes já fracassaram. De alguma forma, Thomas terá de aprender a exorcizar fantasmas, deter feiticeiras e amansar ogros. Quando, porém, é enganado e cai na armadilha de libertar Mãe Malkin, a feiticeira mais malévola do Condado, tem início o horror… e uma grande aventura!

O aprendiz, primeiro livro da série de fantasia As aventuras do Caça-Feitiço, escrito por Jospeh Delaney (e traduzido pela prestigiada Lia Wyler, responsável pelo texto em português da saga de Harry Potter), que já vendeu centenas de milhares de exemplares em todo o mundo, é uma história repleta de emoção e muitos, muitos sustos. Por isso, cuidado: não deve ser lido à noite!

Se você está em busca de mistério, magia, fantasia e uma pitada de terror, então “As aventuras do Caça Feitiço” é um prato cheio para você. Ambientado no período histórico que os ingleses chamam de Pendle Witch Trials (1612) ou Os julgamentos de Pendle, onde várias pessoas foram acusadas de bruxarias, o livro conta a história de Thomas Ward, que seria um garoto normal se não fosse pelo fato de ser o sétimo filho de um sétimo filho, o que o qualifica para um trabalho digamos que no mínimo perigoso e assustador.

Tom vive em um sítio com seus pais, seu irmão mais velho e sua cunhada grávida. O pai de Tom é um agricultor, tal como o pai dele fora, assim ele pretende deixar  o sítio para o filho mais velho e busca encontrar atividades úteis para os demais filhos. Quando chega a vez de Tom, a solução de seu pai foi procurar o Caça-feitiço do condado e oferecer os serviços de Tom como aprendiz, para que ele futuramente viesse a se tornar um caça feitiço também, algo que a misteriosa mãe de Tom acredita fazer parte do destino dele.

Ser um caça feitiço significa proteger os sítios e aldeias do condado das forças do mal que exercem seu poder maligno através de ogros, feiticeiras, fantasmas e todos os tipos de criaturas maléficas. Mas também ter uma vida solitária e ser visto com maus olhos, apesar do ofício se fazer extremamente necessário para o mundo tão perigo em que Tom vive.

Aparentemente, o Caça-feitiço é um homem mal encarado e assustador, mas Tom logo descobre que ele é muito mais do que isso, pois assim que Tom deixa seu lar sem saber o que esperar de seu treinamento,logo é submetido a uma assustadora e terrível prova de iniciação onde sua coragem é duramente testada.

Superado os obstáculos, Tom segue firme com seus treinamentos e tudo parecia perfeitamente bem até o momento que ele conhece a misteriosa Alice. Após sentir-se, digamos, inocentemente atraído por ela, percebe que a menina usa sapatos de bico fino, coisa que seu mestre o alertou para evitar – mas pelo fato de que “mulheres que usam sapatos de bico fino tendiam a ser problemáticas demais rs”.

Tom logo descobre uma fundo de verdade na teoria de seu mestre  quando uma série de problemas surgem depois que ele se aproxima de Alice.

Uma perversa e maligna feiticeira conhecida como Mãe Malkin, que foi enterrada viva no quintal do Caça feitiço como punição após matar varias crianças para beber seu sangue, é libertada. Dessa forma Tom é obrigado a reunir forças e coragem para lutar contra a feiticeira, engolindo o seu medo para salvar sua família e amigos, além de consertar um erro que ele cometeu.

A história é escrita pelo inglês Joseph Delaney e narrada na primeira pessoa como se fosse uma espécie de diário de Tom, que te faz imaginar que ele está mais velho e escrevendo suas aventuras em um diário pessoal. Ainda assim o autor fez um bom trabalho em colocar personagem para narrar acontecimentos no livro que Tom não presenciou.

Nesta primeira parte, O Aprendiz, Delaney explora o bem e o mal com maestria, e isso fica bem nítido quando ele aborda a personalidade de Alice, que se torna amiga de Tom, mesmo que ainda confusa com sua própria natureza. Joseph Delaney também aborda o medo e a forma como ele acontece, como age e como se fortalece nos seres humanos.

O enredo é fácil e leve, apesar do clima de medo e terror.Você nem sente os capítulos correrem e nenhuma informação colocada pelo autor é desnecessária ou sem sentido. O livro conquista você pela excelente escrita e pela simplicidade, onde por mais mágico e fantasioso que ele seja, ainda nos mantem em contato com o mundo real. Aqui nada de varinhas e rajadas de poder. Tom tem que cavar covas, usar correntes, sal e pó de ferro para lutar contra seus inimigos. Além de contar com a sorte e estar de preferencia, em jejum para lutar.

Toda a série é fabulosa e original, e mesmo sendo uma história juvenil, o público adulto também vai apreciar bastante.

Uma adaptação para o cinema foi produzida pela Warner Bros, com estréia prevista para 23 de outubro de 2013, o filme se chamará “O Sétimo Filho”. O elenco conta com a participação de Ben Barnes (‘As Crônicas de Nárnia – O Príncipe Caspian’) que vive o protagonista. Ele entra no lugar deixado por Alex Pettyfer(‘O Número Quatro’).Julianne Moore (‘Minhas Mães e Meu Pai’) vive a feiticeira Mãe Malkin. Olivia Williams, Jeff Bridges( o Caça-feitiço), Alicia Vikander, Antje Traue e Kit Harington também estrelam.

“Muito bem, rapaz. Você está aprendendo. Somos os sétimos filhos de sétimos filhos, e temos o dom de ver coisas que os outros não podem ver. Mas esse dom, de vez em quando, pode se tornar uma maldição. Se tivermos medo, às vezes poderão aparecer coisas que se alimentam desse medo. O medo piora tudo para nós. O truque é nos concentrarmos no que vemos e pararmos de pensar em nós mesmos. Sempre resolve.”

Livros da série publicados no Brasil até o momento:

Image

Image

Anúncios

12 pensamentos sobre “[Resenha] As aventuras do Caça-feitiço – O Aprendiz

  1. Pingback: [Resenha] As Aventuras do Caça Feitiço “A Maldição” | No Meu Mundo

  2. Pingback: [Resenha] As Aventuras do Caça Feitiço – A Batalha | No Meu Mundo

  3. Pingback: As Aventuras do caça Feitiço – “O Segredo” | No Meu Mundo

  4. Pingback: [Resenha] As Aventura do Caça Feitiço – O Erro | No Meu Mundo

  5. Pingback: [Resenha] As Aventuras do Caça Feitiço – O Sacrifício | No Meu Mundo

  6. Pingback: [Resenha] O Pesadelo – As Aventuras do Caça Feitiço | No Meu Mundo

  7. Pingback: [Resenha] O Pesadelo – Um novo ponto de vista | No Meu Mundo

  8. Pingback: [Resenha] O Sétimo Filho – Por Camila Coutinho | No Meu Mundo

  9. Pingback: [Resenha] O Destino – As Aventuras do Caça Feitiço | No Meu Mundo

  10. Pingback: [Resenha] Eu sou Grimalkin | No Meu Mundo

  11. Pingback: [Resenha] O Sangue – As Aventuras do Caça Feitiço | No Meu Mundo

  12. Pingback: [Análise] O Bestiário | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s