[Resenha] A Irmandade da Adaga Negra – Amante Sombrio

Nas sombras da noite, em Caldwell, Nova York, desenrola-se uma sórdida e cruel guerra, entre vampiros e seus carrascos. Há uma irmandade secreta, sem igual, formada por seis vampiros defensores de sua raça. Ainda assim, nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra. Wrath é o vampiro de raça mais pura dentre os que povoam a terra e possui uma dívida pendente com os assassinos de seus pais. Ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e destino, não lhe resta outra saída senão levar a bela garota para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita todas as noites envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos.

Amante sombrio é o primeiro livro da série Irmandade da Adaga Negra da autora americana J.R.Ward.

Nesta primeira etapa da série, somos levados para o cenário fictício criando pela a autora, a cidade de Caldwell no estado de Nova Iorque, um local habitado por humanos, vampiros e redutores(humanos sem almas que têm como função a exterminação dos vampiros/caça vampiros). Wrath é o amante sombrio, o último guerreiro de sangue puro e integrante principal da Irmandade, que é composta pelos melhores guerreiros vampiros, tendo como função proteger a espécie vampira contra a sociedade redutora. É natural para os membros da IAN se tratarem como irmãos, embora apenas dois deles sejam de verdade.

A história começa a se desenrolar quando Darios, um membro da IAN e o mais próximo do que Wrath pode considerar como um amigo, pede ao vampiro para ajudar sua filha mestiça no momento em que ela passasse por sua transição, para alimentá-la e ajudá-la a sobreviver.

Pausa para o Glossário de IAN:

A transição é o momento crítico na vida dos vampiros, quando ele ou ela se transformam em adultos. A partir daí, precisam beber sangue do sexo oposto para sobreviverem e não suportam a luz do dia. Geralmente ocorre por volta dos vinte e cinco anos. Alguns vampiros não sobrevivem a transição, sobretudo os machos. Antes da mudança, os vampiros são fisicamente frágeis, inaptos ou indiferentes para o sexo, e incapazes de se desmaterializar.

 Beth, a filha de Darios, é uma mestiça (filha de uma humana com um vampiro), embora ela ache que seja humana e desconheça suas verdadeiras origens, até que o dia de sua transição se aproxima e Wrath entra em sua vida, para atender ao pedido do amigo depois que ele morre em um misterioso acidente de carro.

Mas o que era pra ser apenas um favor ao amigo falecido, se transforma em uma selvagem e louca paixão. A química entre Wrath e Beth é imediata, tipo, no primeiro encontro mesmo. O romance é descrito de forma bem HOT e explícita de forma que não indicamos uma leitura em público rs.

Mas falando em outras coisas, o livro é narrado na terceira pessoa e os pontos de vistas são alternados o tempo todo, permitindo ao leitor conhecer um pouquinho de Beth, de Wrath e até mesmo de um dos redutores, que conhecemos como Sr. X, um assassino frio que gosta de agir por contra própria para atrair os vampiros civis e assim os membros da IAN.

Conhecemos também outros membros da IAN como o Vishous, Phury, Zsadist, Tohrment e Rhage, cada um com suas personalidades e dificuldades, o que gera os outros livros da Irmandade da Adaga Negra, um para cada um deles.

Claro que eu não podia encerrar sem falar de Bucth O’ Neal, um tira humano bom de briga, carismático e tão legal que mereceu ganhar um livro apenas para ele dentro da série, Amante Revelado.

Livros da série IAN até o momento:

 E não para por aí, pois a autora revelou em nota que pretende escrever a série enquanto estiver viva.

Anúncios

8 pensamentos sobre “[Resenha] A Irmandade da Adaga Negra – Amante Sombrio

  1. A resenha ta ótima,mas só tem um probleminha: Wrath nao é o criador da Irmandade.Na verdade,ainda nao se sabe quem seja o fundador da IAN,mas a J.R. ja soltou qe Wrath é descendente do Primeiro Irmão.

    Gostar

  2. Pingback: [Notícias da Semana] O que rolou de melhor durante a semana! | No Meu Mundo

  3. Pingback: [Resenha] Amante Eterno – A Irmandade da Adaga Negra | No Meu Mundo

  4. Pingback: [Resenha] Amante Desperto – Irmandade da Adaga Negra | No Meu Mundo

  5. Pingback: [Resenha] Amante Revelado – por Taiany Araujo | No Meu Mundo

  6. Pingback: [Resenha] Amante Liberto – Por Ana Carolina | No Meu Mundo

  7. Pingback: [Resenha] Amante Consagrado (Irmandade da Adaga Negra) – por Ana Carolina | No Meu Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s