“Um erro clássico de viagem no tempo” – Uma resposta sobre o vira-tempo em Harry Potter

Para começar, a frase do título não é minha, ok? E o que me motivou foi que nunca tinha conseguido vocalizar direito uma resposta para as pessoas que me perguntavam sempre: “Mas por que não pegaram os vira-tempos do Ministério da Magia e voltaram no tempo e impediram o Lord das Trevas de renascer ou mataram o Tom Riddle anos antes?” Então ouvi a frase do título no episódio 14 da primeira temporada de The Big Bang Theory e pela primeira vez tinha nas mãos exatamente o argumento que eu não consegui formular direito. Para quem está curioso ou até deseja abrir uma discussão, ai vai minha resposta, com base na explicação do Sheldon e o que acontece em De Volta para o Futuro com Marty McFly.

No episódio em questão de The Big Bang Theory, Leonard compra uma réplica da máquina do tempo do filme “A Máquina do Tempo” de 1960. Enquanto os meninos estão quase morrendo tentando subir o trambolho pela escada, Penny aparece atrasada para o trabalho, mas não tem como descer, pois eles estão no meio do caminho. Sheldon sugere que ela vá para o telhado e pule para o prédio do lado e usasse a escada deles. Óbvio que não dá certo e Penny acaba perdendo o turno dela. Quando chega em casa, ela briga com o Leonard e ele decide se livrar de todas as parafernálias que ele coletou durante todos os seus anos, criando o “Nerdvana”, de acordo com o Horward. No meio da noite, Sheldon acorda e encontra Leonard sentado na máquina do tempo com a data para dois dias antes. Segue a parte do dialogo que eu quero mostrar, mas só consegui em inglês:

Sheldon: Why’d you set it for the day before yesterday?

Leonard: Because I want to go back and keep myself from getting a time machine.

Sheldon: You can’t. If you were to prevent yourself from buying it in the past, you would not have it available in the present – travel back and stop yourself from buying it, ergo you would still have it. This is a classic rookie time travel mistake.

Leonard: Can I go back and prevent you from explaining that to me?

Sheldon: Same paradox—if you were to travel back in time and, say, knock me unconscious, you would not then have the conversation that irritated you, motivating you to go back and knock me unconscious.

Leonard: What if I knocked you unconscious right now?

O ponto em questão que ele fala é “Você não pode se impedir de comprar uma máquina do tempo. Se você se impedisse de comprar no passado, você não teria como voltar para o passado para impedi-lo de comprar, assim, você ainda teria ela. Esse é um erro clássico de viagem no tempo.” E a mesma coisa acontece com Marty Mcfly em De Volta para o Futuro.

Marty volta no tempo e conhece sua própria mãe, que acaba se apaixonando por ele. No final Mcfly quase desaparece, mas consegue reverter antes que deixasse de existir de vez. E isso acontece porque o menino interferiu em coisas que já tinham acontecido no passado, alterando o futuro de modo que ele sequer nasceria e então ele não teria voltado para o passado, o fazendo desaparecer no presente. Confuso, né?

Mas no fundo todos esses filmes explicam a mesma coisa. Eles não podem voltar no tempo para impedir Voldemort de ressurgir, pois se eles o fizessem, eliminaria a necessidade de voltar no tempo no presente, logo eles não voltariam no tempo para impedir o passado e evidentemente Voldemort teria ressurgido de qualquer maneira.

O que difere esse caso com o que acontece com Sirius e Bicuço é que na realidade nada foi alterado, pois tudo já tinha ocorrido daquela maneira: Bicuço nunca morreu nas mãos de McNair e Sirius nunca recebeu um beijo do dementador.

De qualquer maneira, essa é só minha resposta para as perguntas postuladas no início e eu não presumo explicar tudo. Sinta-se a vontade para discordar 🙂

7 pensamentos sobre ““Um erro clássico de viagem no tempo” – Uma resposta sobre o vira-tempo em Harry Potter

  1. Eu acho essa questão de volta no tempo muito… Complicada de se discutir, tem um filme, que eu acho que se chama Maquina do Tempo, algo assim, que fala sobre viagem no tempo e é muito bacana, ele fala exatamente sobre essa questão de inventar algo que possa voltar no tempo para desfazer alguma coisa, é uma enorme viagem e sobre cada ação mudar o futuro.
    Tem um livro também “A Mulher do Viajante do Tempo” que fala sobre isso.

    Mas está aí um tempo bacana para o nosso primeiro debate em vídeo, a volta do tempo na literatura, algo assim. Podemos elaborar isso.

    Gostar

  2. Em Física Teórica isso é chamado de “Paradoxo do Vovô”. A questão é basicamente a seguinte: Vamos supor que você volta no tempo e mata o seu avô enquanto ele ainda é um garoto, ele nunca conheceu a sua avó, seu pai nunca nasceu, logo você também nunca nasceu, mas se é assim, quem afinal matou o velho?
    Aí depende muito da teoria de funcionamento da linha temporal adotada. Harry Potter usa a teoria do tempo fixo, ou seja, quando alguém volta no tempo na verdade apenas consegue manter aquilo que já aconteceu, no caso de De Volta Para o Futuro, a teoria é do tempo fluído, onde a linha do tempo começa a se adequar para as mudanças ocorridas nela. Existem várias outras variações destas teorias.
    Só contribuindo para a discussão, que eu gosto muito.rs
    Abraços!

    Gostar

  3. Admito que não sabia muito da explicação física do tempo da forma que você demonstrou e agradeço a aula 🙂 Facilitou o meu entendimento de outras histórias também. Vou pesquisar melhor, pois também acho esse assunto muito bom e a discussão muito ampla e eu quero escrever sobre o tema linha temporal, mas na trilogia His Dark Materials de Phillip Pullman. Obrigada 🙂 E como a Mione falou, é um ótimo tema para um debate em vídeo.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s