[CRÍTICA] Moonlight – Sob a Luz do Luar.

Por mais que aparente, Moonlight não é um filme negro, muito menos um filme gay; trata-se de autodescoberta, de tentar se encaixar num mundo com tantas adversidades, onde acompanhamos um menino negro chamado Chiron que acontece de ser gay. Então, tecnicamente, ele é ambos, porém de forma alguma se restringe a tais parâmetros. Profundamente introspectivo,…