[Analisando Distopias]O Eterno Brilho da Distopia dos Namorados

O Eterno Brilho da Distopia dos Namorados “Como é imensa a felicidade da virgem sem culpa. Esquecendo o mundo, e pelo mundo sendo esquecida. Brilho eterno de uma mente sem lembranças! Cada prece é aceita, e cada desejo realizado;” Este é um trecho traduzido de “Eloisa to Abelard”, poema do inglês Alexander Pope, citado no…

[Analisando Distopias]Hang the D.J. – Os novos algoritmos do amor

Hang the D.J. – Os novos algoritmos do amor Imagine só se você estivesse destinado a um casamento arranjado. Agora, imagine que não são os seus pais as pessoas que vão decidir seu par romântico para toda a sua vida: será um app. Isso mesmo: um aplicativo! A falência dos relacionamentos duradouros face à contraditória…