[Crítica] Hereditário – Um novo ponto de vista

Considerado o melhor filme de terror de 2018, ‘Hereditário’ marca a estreia do novato Ari Aster na direção. Logo de cara somos apresentados a belos movimentos de câmera, algo que Ari realmente me impressionou. Seu controle dentro do filme é absoluto, e não deixa a desejar em nenhum momento. Entre planos mais lentos, e o…