[Resenha] Uma Questão de Segundos

“Ser um herói sempre traz consequências.” Antes mesmo que seu tio Myron o alertasse, Mickey Bolitar já havia sentido isso na pele: ao salvar sua ex-namorada Ashley de um mafioso, ele foi espancado e colocou em risco a vida da amiga, Ema. Mas o perigo ainda está à espreita e se revela em um ataque mortal à mansão de uma colega de Mickey. A cidade de Kasselton fica em choque, porém o jovem herói não perde tempo e começa a investigar o caso. Mais uma vez, ele encontra uma estranha ligação com o Abrigo Abeona – uma organização que resgata crianças e jovens, da qual sua vizinha, dona Morcega, faz parte. À procura de respostas, Mickey vai à casa dela, mas percebe tarde demais que o inimigo está no seu encalço. Determinado a proteger os amigos, ele acaba descobrindo os segredos de Ema e se dá conta de que, em sua busca pela verdade, nada é o que parece ser. Nesta trama alucinante, tudo pode mudar em uma questão de segundos.

Uma Questão de Segundos é o segundo livro da série protagonizada por Mickey Bolitar iniciada com Refúgio. O livro começa imediatamente depois de Refúgio terminar, e automaticamente voltamos ao dilema de Mickey. Ele acredita que seu pai está vivo, mas como isso seria possível? Os fatos dizem que sim, mas parece que algo está errado. Algo que Mickey não faz ideia do que seja.

Além de estar lidando com o dilema da morte de seu pai, Mickey se vê em uma tragédia. Sua amiga Rachel Caldwell foi baleada e a mãe dela morta durante um suposto assalto. Nesse momento Mickey faz o possível para ir atrás da verdade, para descobrir quem era o criminoso e se isso era tudo era realmente um assalto. Mas logo ele percebe que tudo isso é muito maior que ele imagina. Tudo isso estaria realmente ligado ao Abrigo Abeona e à Dona Morcega?

Achei o livro muito bom, mesclando mistério e ação como só Coben consegue fazer tão bem. São pouco mais que 200 páginas, mas isso é muito mais que suficiente para uma trama muito bem entrelaçada e com o retorno de personagens marcantes. E o final… como sempre com muitas reviravoltas de tirar o fôlego.

Quando você não sabe quem é seu inimigo, sua vida pode mudar de uma hora para outra.

1 comentário Adicione o seu

  1. Tyson disse:

    den pas kala…sumazepsou kai iremise.To pskoglxoiuo ntoparisma xwris kanena pragmatiko antikrisma den boithaei to kinima. To antitheto. Anti na problimatizomaste pou mas exoun tsakisei sxedon xwris antistash…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *