[Resenha] Terra das Sombras – Os Imortais – Livro 3

Ever e Damen atravessaram diversas vidas e enfrentaram os mais terríveis inimigos com um só objetivo: ficar eternamente juntos. E quando esse sonho está ao alcance das mãos, um poderoso feitiço cai sobre Damen. Agora, para ele, simplesmente tocá-la ou encostar os lábios nos dela significaria a morte, o exílio definitivo em uma terra de sombras. Desesperada por livrá-lo da maldição, Ever mergulha de corpo e alma na magia e encontra uma ajuda inesperada: um surfista chamado Jude. Apesar da profunda lealdade a Damen, é inevitável que ela se sinta atraída por esse garoto estranhamente familiar, de olhos verdes, dons mágicos e passado misterioso. Ever sempre acreditou que Damen fosse seu destino – mas e se o futuro tiver reservado outros planos? Com Jude cada vez mais próximo, pela primeira vez em séculos esse amor é posto a prova.

Dando continuidade a série Os Imortais, para quem ainda não leu os os outros livros essa resenha pode ser considerada spoiler.

Em Terra de Sombras, Ever vai em busca de alguma maneira de quebrar o feitiço que Roman fez para ela, onde ela não pode ter contato com Damen em que tenha DNA envolvido, então, já vai sentindo a tensão sexual da história. Quando Ever não queria, podia, agora que está louca para o você-sabe-o-quê, ela não pode.

Então o que fazer agora que você é imortal, pode materializar tudo que quer e tem um cara lindo ao seu lado – que volto a ressaltar, não pode tocar? Você procura um antídoto e, acima de tudo, procura fazer a coisa certa, já que isso não é o seu ponto forte.

A história começa com os dois tentando achar o antídoto para o problema deles, só que Ever continua tomando péssimas decisões e cocando tudo em jogo. Ever fica nesse joguinho de remorso por ter “matado” Drina e não consegue ou não se sente pronta para fazer o mesmo com Roman e fica de nhé nhé nhé fazendo acordo. Quando você pensa que ela não pode ser mais lesada, ela acha que pode solucionar tudo depois que encontra um livro de magia. Mas será?! Para melhorar as coisas as “doces” gêmeas vão morar com Damen e ele descobre que, quando um imortal morre, cai em uma profunda terra de sombras chamada Shadowland. (meio óbvio isso não?!)

A coisa começa a melhorar um pouco quando um novo personagem entra em cena: Jude. Um sufistinha de dreads loiros COMPLETAMENTE diferente do príncipe encantado que é o Damen. Ele aparece quando Ever é meio que “forçada” a arrumar um emprego e acaba indo trabalhar numa loja de materiais exotéricos e lá o conhece. Algumas partes do livro você acaba até se divertindo com as crises de ciúmes do Damen em relação ao Jude. Ai quando você pensa que ele vai lutar por ela e começar a emoção do livro você acaba decepcionado pois nada disso acontece.

E para variar, quando Ever fica frente a frente em tomar uma decisão ela faz tudo errado pondo ela a prova tendo que escolher entre o antídoto e a sobrevivência de uma pessoa que ela ama.

No resumo geral do livro, achei que ele é cheio de altos e baixos. O começo é um tanto morno, mas pro final melhora e te deixa querendo as respostas… mas o fim em si não me deixou lá mega feliz. Levo em consideração que é uma série e o objetivo da autora é que você queira ler o outro e descubra se a Ever ferra com tudo ou uma vez na vida consegue fazer a coisa certa? Levando o leitor ( e euzinha aqui) a ler os próximos volumes da série.

1 comentário Adicione o seu

  1. Tracy disse:

    Concordo com você, o livro tem altos e baixos. Quando começo a ler, não consigo parar, fico ansiosa para ver, quando isso vai acabar, mas fica cada vez mais longe. Mas, eu amei a série e vou continuar lendo. Tem vezes que da vontade de matar a Ever haha.
    Bjs

  2. Maria Fernanda disse:

    Sério, você tem toda razão! Principalmente quando você diz que é bem interessante quando Damen tem crises de ciúme, além de que quando você finalmente acha que as coisas vão esquentar com o casal e o novo estranho e Damen faz a coisa mais idiota que ele pode fazer. Eu quis sacudir ele e depois jogar um tijolo na cabeça dele!

  3. Daiane disse:

    kkkkk Ever só faz merda , meu Deus que capacidade !

  4. Gabriela Costa disse:

    kkk Concordo plenamente com vcs. Quando ela tem a resposta certa bem em sua frente, so escolhe fazer a pior coisa… kkk Quanta lerdeza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *