Categories:

“Aislinn agora é a Rainha do Verão, mas precisa lidar com sua estranha e quase impossível paixão por Seth, seu namorado mortal – que sequer pode toca. Pior ainda ela está eternamente ligada a Keenan, o Rei do Verão, e a atração entre eles é palpável e constante. Paciente, Seth sabe que a imortalidade de Aislinn pode separá-los, e sua busca por uma solução para esse problema o leva diretamente ao mundo das fadas….”

Frágil Eternidade é o terceiro da coleção Wicked Lovely composta de cinco livros criados pela autora Melissa Marr. Dois desses cinco ainda serão lançados pela Rocco, sendo um deles previsto para este ano ainda.

É interessante que os títulos dos livros estão ligados as situações decorrentes com os personagens em foco em cada um deles. Por exemplo: Terrível Encanto fala sobre sobre a busca de Keenan por sua Rainha e como ele seduzia as humanas para tal; O Tinta Perigosa falava sobre a mistura da essência de Irial a tinta da tatuagem de Leslie e como isso afetou ambos; E a Frágil Eternidade foca tanto em Seth como em Sorcha e como sentimentos podem desestabilizar algo que até então era imutável tornando o frágil.

Neste livro começamos a conhecer melhor as matriarcas das fadas, Sorcha e Bananach, Razão e Caos respectivamente e a Alta Corte, que até então conhecíamos sua posição perante as outras cortes, mas não tínhamos noção de como realmente era.

Inicialmente o livro mostra Aislinn já como Rainha do Verão se ajustando ao novo cargo. Ela deixou bem claro que trabalharia com Keenan, mas que não ficariam juntos como um casal, pois ela ama seu namorado Seth. Mas o verão estava próximo e a conexão entre eles estava se tornando cada vez mais presente, e por mais que Aislinn tentasse evitar estava ficando cada vez mais atraída por Keenan, causando um mal estar muito grande entre seus respectivos namorados. Eles até entendem a situação, pois sabem que o verão é a época do desejo e supostamente Aislinn/Keenan estavam destinados um ao outro, mas mesmo assim o ciumes é inevitável e difícil de ser controlado.

Bananach que é a personificação do Caos vê em Seth uma forma de criar problemas, visto que ele é um humano que namora a Rainha do Verão, é o melhor amigo do Rei Sombrio Niall e tem amizade pela Rainha do Inverno Donia.  Então como não é boba nem nada Bananach tratou de ir na Corte Alta falar com a Rainha Sorcha e aguçar a curiosidade dela em relação ao tal humano que vive não só a par do mundo das fadas mas que também se socializa com ele.

No meio disso tudo, temos os próprios conflitos de Seth que vê em sua mortalidade um grande problema, pois dificulta seu relacionamento com Aislinn, já que os novos poderes dela acabam machucando-o e sua fragilidade o torna o elo fraco do qual pode ser usado contra a Rainha do Verão e sua corte.  Por isso, ele teve a brilhante ideia de que se tornaria um dos seres encantados, custe o que custar, só não sabia como.

É um livro repleto de intrigas, mentiras e traições. No sentindo mentiras o destaque vai para Keenan Rei do Verão, dividido entre conquistar Aislinn para fortalecer sua corte e Donia, seu grande amor, suas atitudes se tornam egoístas e manipuladoras, mas entenda, ele de um modo geral faz tudo que faz independente da sua própria felicidade visando o bem de sua corte, então por mais tortos que sejam os caminhos que toma, ele está pensando em fortalece-los o problema é que sempre acaba estragando tudo no processo. Visto que perdeu a amizade do Niall exatamente por isso.

É interessante na história o posicionar das cortes perante a essa nova realidade, no caso a re-estruturação da Corte do Verão. Aislinn em alguns momentos achou que por ser Rainha ela teria uma certa moral perante as outras Cortes, pelo menos as que ela tinha mais acesso no caso Inverno e Sombria e achou que de certa forma poderia impor alguns desejos a eles, mas ambos trataram de coloca-la em seu devido lugar.

O foco maior do livro é a busca por imortalidade do Seth, e o que isso significava para o mundo das fadas, mas precisamente como afetará a vida de seus amigos e o seu relacionamento com Aislinn. Visto que muita coisa ocorreu nesse meio tempo. Sorcha, a Rainha da Alta Corte é a unica a que contém o poder de conceder a imortalidade para ele, mas a situação não é simples como parece e há muito a se ponderar, afinal qualquer atitude mudará permanentemente sua vida e o equilíbrio das coisas.

No responses yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *