Resenha – Finale (Possui Spoiller dos outros livros da série Hush Hush)

Atenção, esse post possui Spoiller dos outros livros da série Hush Hush, se não deseja saber dos spoillers pare a leitura agora mesmo.

Nora e Patch pensavam que seus problemas tinham ficado para trás. Hank estava morto, e seu desejo de vingança não precisava ser levado adiante. Na ausência do Mão Negra, porém, Nora foi forçada a se tornar líder do exército nefilim, e era seu dever terminar o que o pai começara — o que, essencialmente, significava destruir a raça dos anjos caídos. Destruir Patch. Nora nunca deixaria isso acontecer, então ela e Patch bolam um plano: os dois farão com que todo mundo acredite que não estão mais juntos, manipulando, dessa forma, seus respectivos grupos. Nora pretende convencer os nefilins de que a luta contra os anjos caídos é um erro, e Patch tentará descobrir tudo o que puder sobre o lado oposto. O objetivo deles é encerrar a guerra antes mesmo que ela venha a eclodir. Mas até mesmo os melhores planos podem dar errado. Quando as linhas do combate são finalmente traçadas, Nora e Patch precisam encarar suas diferenças ancestrais e decidir entre ignorá-las ou deixá-las destruir o amor pelo qual sempre lutaram.

Eis que finalmente temos FINALE, o quarto e último volume da serie Hush Hush da autora americana Becca Fitzpatrick.

Neste última parte da trajetória de Nora Grey – agora uma nefilim e sem grau nenhum de parentesco com o Sr. Christian Grey-, vemos a protagonista em meio a ameaça de guerra iminente entre sua nova raça e seus temíveis rivais, anjos caídos, raça de Patch, seu namorado.

É neste cenário tenso e preocupante que se desenrola a trama de Finale.

Transformada em nefilim por seu pérfido pai biológico no final do terceiro livro, Silêncio, Nora foi obrigada a fazer um juramento ao pai antes dele morrer. Juramento este que a tornou líder do exército nefilim que ele liderava. Não cumprindo sua parte no acordo, que era levar o exercito numa guerra contra os anjos caídos, Nora morreria – e sua mãe também.

Entre reuniões de conselhos, nefilins desconfiados e revoltados com a nova líder adolescente e namorada de um anjo caído, Marcie Miller como agregada e muita confusão, Nora conta com o apoio de seu amigo Scott e seu namorado, que apesar de ser um anjo caído, escolhe ficar ao lado de Nora como ela escolhe ficar ao lado dele(tudo muito óbvio).

Nora não quer a guerra e enquanto tenta encontrar meios para conquistar a confiança dos nefilins e de por um fim ao suspense em torno da guerra histórica, a garota busca se fortalecer e explorar a resistência de seu novo corpo praticando exercícios físicos com Dante, uma espécie de homem de confiança de seu falecido pai.

Como em todo clima pré-guerra, o livro é repleto de conspirações, traições e intrigas. A autora manteve a mesma escrita fluída e impecável que utilizou nos três primeiros volumes, mas mesmo assim você fica com a sensação de que o livro nasceu da noite para o dia. Dar pra perceber uma nítida perca de qualidade em alguns personagens. O que foi aquilo com a Vee?Assim, sem avisar. E com o Scott?Até a Nora se perdeu. Sobrou até para o Patch que sempre foi um baita pedaço de MAL caminho na história. Ele nunca esteve tão perto de parecer um Edward Cullen como esteve em Finale.

A guerra finalmente acontece, mas novamente você sente que a autora estava com pressa em se livrar da história e nem se importou com os pequenos delitos que cometeu durante o livro inteiro. Pelo menos a guerra proporciona boas emoções.

Apesar de algumas escolhas erradas da autora, a história fecha bem, mesmo o final não sendo digno de todo o resto da serie. O antecessor de Finale – Silêncio – foi tão bom, você coloca tanta expectativa na transição de um para o outro e durante a leitura de Finale que talvez seja isso que gere a grande decepção quando se termina a leitura.

Todos os livros da série Hush Hush já foram publicados no Brasil, são eles:

1 comentário Adicione o seu

  1. esosypeDype disse:

    You need to take part in a contest for one of the most effective blogs on the web. I will advise this website!
    michael kors bags outlet

  2. Clara disse:

    hahahaha patch igual ao edward cullen (ri alto)… fora que ele é extremamente possessivo né… parada quase doentia… nesse ultimo livro então…. digno de rastreador e tudo…. mas no fim das contas acaba querendo um Patch para você… heheheheh…
    A historia em si, eu fiquei com medo de ser parecida com fallen, mas se mostrou ser bem diferente, mesmo sendo aquele universo de anjos e nefilins. Gostei bastante. E concordo com você o silêncio foi o melhor deles.

  3. Também fiquei muito feliz por ela ser totalmente diferente de Fallen. Mas esperei tanto por esse livro,que acho que foi isso que me decepcionou. Fiquei esperando por muito mais no final.

  4. leitora compulsiva disse:

    uhuuu adorei a resenha, bom me interesso muito pôr livros sobre anjos principalmente romance, comecei lendo a série halo e me decepcionei no final já li os três livros de hush hush e comecei a ler silence e tô vendo que vou me decepcionar denovo, esses autores deviam treinar mais a criatividade antes de fazer esses finais vagos e deixar a história decepcionante como se tivesse escrito do dia para a noite

    1. É, achei o final meio decepcionante, mas achei que a série em si valeu super a pena. Dessas com anjos, considero a melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *