[Resenha] Os 13 porquês

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Hannah Becker é uma garota normal que de uma hora para outra resolveu por fim à sua vida, do nada ela tomou alguns comprimidos e dormiu para sempre, bem pelo menos é o que acham, existe uma série de motivos que a levaram a tomar esse tipo de decisão, motivos esses que são contados aos poucos para todos que de uma forma ou outra estão envolvidos nessa história.

Através de 7 fitas cassetes, Hannah conta sua historia, tudo o que a levou a tomar essa decisão, cada lado de uma das fitas fala sobre uma pessoa e então se percebe que Hannah não decidiu de uma hora para a outra acabar com tudo.

O livro se passa em primeira pessoa e é narrado por Clay Jensen que recebe uma caixa de sapato contendo as fitas numeradas, Clay começa a ouvi-las e descobre que se ele recebeu a caixa é porque ele foi um dos motivos que fez com que Hannah acabasse com tudo, a narrativa é ótima, você sente o desespero de Clay ao saber os fatos que culminaram na morte de Hannah e assim como Clay, você não quer parar de saber o que aconteceu.

Mas esse não é o unico sentimento que você compartilha com Clay, a revolta pelo o que aconteceu, a vontade de voltar ao passado e mudar tudo, o desejo para que Hannah de alguma forma esteja viva, mesmo você sabendo desde o começo do livro que ela não está, te transportam para dentro do livro e em pouco tempo a historia deixa de ser ficticia para ser real, você realmente fica triste pela morte de Hannah.

Mas o que faz com que essa historia seja tão real? Talvez o fato de ela não ser uma historia absurda, uma historia normal, Hannah poderia ser sua vizinha, sua amiga, Hannah poderia ser aquela garota solitária que vive enfurnada nos livros, a garota sem amigos, a garota que coloca a máscara que está tudo bem mas pede desesperadamente por ajuda, Hannah poderia ser até mesmo você.

Eu gostei muito do livro e ele se tornou muito pessoal para mim, porque já estive dos dois lado da historia, tanto do lado da pessoa que procura desesperadamente por ajuda, mas não sabe como pedi-la, não sabe como se abrir. Quanto do lado de quem perde um amigo dessa forma e vou dizer, é exatamente assim que acontece.

Com certeza esse é o livro que tem a moral mais forte, mais explicita que eu ja li, pelo menos dos ultimos tempos. A moral é se atentar aos pequenos detalhes, pequenas mudanças no comportamento de alguém podem ser um grande pedido de socorro. Outra moral forte do livro é que pequenos atos “inconsequentes” podem virar uma verdadeira bola de neve, rumo a destruição, um gesto pode ser a gota d’água para alguém e que todos os dias podemos simplesmente impedir mais um caso de uma Hannah Becker, se soubermos olhar além de nós mesmos, se irmos além dos nossos medos, se simplesmente estarmos abertos à ajudar as pessoas.

Hannah Becker é o nome de uma personagem fictícia, de um livro fictício, mas com certeza existem muitas Hannah Becker por aí, que não deixam 7 fitas, mas deixam cartas de despedida, vídeos. Pessoas que desejam simplesmente “tirar uma folga” de si mesmas.

1 comentário Adicione o seu

  1. Micaela disse:

    Sério, esse livro é de mais !

  2. Laís Helena disse:

    Esse livro está em minha lista de leitura, faz muito tempo que quero lê-lo. Suponho que seja muito bom, especialmente devido aos personagens, que, de acordo com a resenha, foram muito bem explorados.

  3. Nilsen disse:

    Oie, tudo bem? Olha, já que você gostou de “Os 13 Porquês”, é mais um motivo para conhecer “O Último Adeus”. Ele vai ser publicado em junho pela DarkSide Books e ó, é um amor <3 http://www.darksidebooks.com.br/o-ultimo-adeus/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *