[Resenha] Ecos da Morte

Violet Ambrose tem dois problemas – o dom mórbido e secreto que carrega desde a infância e Jay Heaton, seu melhor amigo, por quem está apaixonada. Aos dezesseis anos e confusa com os novos sentimentos em relação a Jay, ela começa a ficar cada vez mais incomodada com sua estranha habilidade – Violet encontra cadáveres. Desde pequena ela percebe os ecos que os mortos deixam neste mundo. Ruídos, cores, cheiros. Mas não todos, apenas os das vítimas de assassinato. Para ela, isso nunca foi um grande talento. Na maioria das vezes, tudo o que encontrava eram pássaros mortos, deixados para trás pelo gato da família. Mas, agora que um serial killer está aterrorizando a pequena cidade onde mora e os ecos das garotas assassinadas a perseguem dia e noite, Violet se dá conta de que talvez seja a única pessoa capaz de detê-lo. Em pouco tempo ela estará no rastro do assassino. E ele, no dela.

Conheci o livro em um evento literário e a história muito me interessou e resolvi compra-lo, confesso que não me arrependi em nada disso, começando pela apresentação do livro, a capa dele é chamativa e as letras possuem um tamanho ideal para não cansar a leitura, o unico problema que vejo na apresentação do livro é a sua capa, pois ela é facilmente riscada, de todos os livros que eu tenho, ele é o que está com a pior capa e olha que eu tenho protetor para livro, mas mesmo assim não é o suficiente. Recomendo para quem for compra-lo, colocar contact na capa para impedir de a mesma ficar riscada.

O livro é bem interessante, ele é narrado em 3ª pessoa, o que eu acho que é um recurso um pouco arriscado, uma vez que quando o livro é narrado em 1ª pessoa, a pessoa se sente um dos personagens, na 3ª pessoa não, mas mesmo esse tipo de narração, a pessoa não perde a atenção no livro, pois a narração é muito boa, além de todo o suspense do livro.

Os capítulos são alternados entre o que acontece com Violet, nossa protagonista, e o que o serial killer faz, as partes do serial killer, são escritas em itálico e em momento nenhum você sabe quem ele é, muitas das vezes você não sabe nem mesmo quem é a vítima, vindo a descobrir quem é a vítima apenas quando o corpo dessa é descoberto.

Outro ponto positivo do livro é a narração do lado amoroso da Violet, todos os medos, receios, dúvidas, os momentos alegres, você consegue sentir a mesma coisa, para quem já passou da adolescência consegue sentir novamente todas aquelas sensações de uma primeira paixão, você fica com vontade de se apaixonar de novo, uma paixão jovem, como a da Violet.

Mesmo que o final seja um pouco óbvio demais, você prende a respiração, seu coração chega a parar em certos momentos e a autora consegue manter aquele suspense sobre o que aconteceu, de forma que você sente receio se as coisas irão acontecer daquela forma que você pensa, ou não.

No geral, vale muito a pena comprar o livro e ler, principalmente para quem gosta de um bom suspense de prender a respiração, só recomendo de verdade o uso de contact na capa do livro, para que seja mantido como novo.

1 comentário Adicione o seu

  1. Claudirene disse:

    it is very good to know there are still some good blogs.http://www.casaemail.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *