Branca de Neve e o Caçador

Branca de Neve e o Caçador

Um rei viúvo caiu de amores por Ravenna (Charlize Theron) sem saber de seus terríveis planos de conquista e acaba morrendo, deixando para ela todo o seu reino. Para piorar a situação, a filha dele foi jogada em uma masmorra e lá ficou até se tornar uma bela jovem. Obcecada pela beleza e pela juventude, a Rainha não se cansa de perguntar ao seu oráculo para saber de existe alguém mais bela do que ela, até o dia em que a resposta não a agradou. Felizmente, Branca de Neve (Kristen Stewart) consegue fugir sem que seu coração seja arrancado e Ravenna se torne poderosa para sempre. Mas a malvada não desiste fácil e além da ajuda do irmão, um fiel escudeiro, ela contrata Eric (Chris Hemsworth), um exímio caçador para trazer sua presa de volta. Só que ele acaba descobrindo que a missão era um grande erro e vai ajudar a jovem em sua cruzada contra o reinado da malévola. Para isso, eles contarão também com o importante apoio dos seres da floresta e dos unidos sete anões mineiros.

Sendo a estreia de Rupert Sanders na direção de um longa, o filme foi legal, não digo que foi ótimo porque acho que a ideia principal do filme é muito boa e não foi tão bem aproveitada, poderiam fazer esse filme ser um grande sucesso, mas me decepcionei bastante com ele, não pelos atores, mas sim pelo enredo.

O começo do filme é bem como a historia original é contada, a Rainha ao espetar o dedo em uma rosa e ter um pouco do seu sangue caindo na neve deseja ter uma filha que tivesse a pele branca como a neve, lábios vermelho como o sangue e cabelos negros como as penas de um corvo, além da força e a pureza de uma rosa. Um pouco depois a rainha engravida e seu desejo se torna realidade, tendo uma linda filha que é chamada de Branca de Neve.

Daí a rainha morre, o rei entra em depressão e é atraido para uma guerra, onde seu exercito ganha, matando todo o exercito inimigo, que transportava uma prisioneira, Ravenna, uma linda mulher que na mesma hora aquece o coração do rei, ele então a faz sua esposa, na noite após o casamento ela o mata e seus guardas entram no castelo e ela toma o reino.

Ravenna então prende Branca de Neve nas masmorras, onde a garota passa a viver por toda a sua vida até conseguir escapar, é quando o filme começa, mas antes de falarmos sobre o filme ao todo, vou falar sobre alguns pontos que chamaram a minha atenção.

Vamos começar pelo o espelho, diferente de todos os espelhos das historias, esse espelho parece na verdade um gongo dourado e ao ser invocado uma especie de um liquido pelo cremoso sai do espelho e então esse toma uma forma parecida com um dementador de Harry Potter, com quem a Ravenna vem a conversar, porém essa forma que o espelho toma só e vista por ele, ninguém mais o vê assim.

Outra coisa que me chamou muito atenção no filme e nisso eu tenho que dar o braço a torcer, são as imagens do filme, mais especificadamente a floresta sombria e a floresta mágica dos anões, o cervo que aparece é a coisa mais linda, alias, tudo o que aparece na floresta mágica dos anões é lindo, realmente arrasaram nesse ponto.

Agora sobre a atuação, começando pela personagem principal, Branca de Neve, Kristen Stewart não foi a unica a fazer o teste para o papel, as atrizes Felicity Jones, Emily Browning e Alicia Vikander chegaram a fazer testes para interpretar Branca de Neve, mas Kristen assumiu o posto em janeiro de 2011.

Porém eu não gostei tanto assim da atuação da Kristen, eu a acho uma atriz sem muitas expressões, quem viu a breve participação dela em Jump, pode notar que a cara que ela faz nesse filme é a cara que ela faz durante todas as cenas de Crepúsculo e alguns outros filmes que vi com ela, nesse filme ela está um pouquinho melhor, mas ainda acho que deixa a desejar.

Bem, pelo menos ela é esforçada, pois fez as cenas de luta bem, o que causou dois acidentes durante a filmagem, um dos acidentes, que foi um pouco mais grave, interrompeu as filmagens em outubro de 2011, onde Kristen teve problemas no ligamento e teve que ser afastada temporariamente dos sets, o acidente ocorreu quando Kristen rodava uma cena de luta com os anões.

O outro acidente foi em uma cena de luta com o Caçador, Kristen acerta um soco no rosto de Chris que o deixou com o olho roxo, e aproveitando que estamos falando do Chris, vamos falar um pouco mais dele no papel do caçador, mas antes vamos ver quais outros atores foram quase escolhidos para esse papel.

O primeiro nome para o papel do caçador, foi Viggo Mortensen que acabou desistindo da negociação para o papel em março de 2011, ainda em 2011, ofereceram o papel para Hugh Jackman, que recusou logo em seguida, Johnny Depp, Tom Hardy e Michael Fassbender foram outros atores cogitados para viver o Caçador Eric, mas Chris Hemsworth assumiu o personagem em maio de 2011.

Para quem viu Chris em Thor, pode ficar meio decepcionado com ele como O Caçador, não pela sua interpretação, mas talvez por ele não ser tão mortal como o Thor, pois diferente de Thor, Eric não é um Deus nórdico e por isso ele apanha um bocado, mas eu gostei de ver um papel mais humano para Chris, onde sua primeira aparição no filme é um cara bêbado.

Porém o destaque, na minha opinião vai para Charlize Théron como Ravenna, Angelina Jolie e Winona Ryder chegaram a ter seus nomes considerados para viver a Rainha Má, mas o diretor fez uma ótima escolha com a Charlize. Mas vamos combinar o seguinte, com Charlize e Angelina para o papel, Winona não tinha chances, porque nesse papel beleza é fundamental, e apesar de Winona ser um a ótima atriz, não a vejo como a mais bela para o papel de Ravenna.

Charlize arrasou no filme todo, ela consegue fazer uma rainha que não apenas quer ser a mais bela, mas totalmente obcecada pela beleza, uma rainha maluca pela beleza, um desespero para ser sempre a mais bela, como se sua vida dependesse disso e de certa forma depende, tem horas que você consegue sentir pena dela, em certos momentos do filme, confesso que me encontrei torcendo para ela ao invés da Branca de Neve.

O filme tem imagens ótimas e uma bela trilha sonora, mas eu confesso que me decepcionei, esperava mais do filme, e principalmente o final, ficou faltando alguma coisa, uma palavra, não sei, o final do filme, a cena final me deixou extremamente decepcionada eu fiquei esperando por algo que não aconteceu.

A não ser que você goste muito de Branca de Neve, ou de alguns dos atores, recomendo esperar o filme chegar em DVD, pois realmente é um filme que deixa a desejar.

1 comentário Adicione o seu

  1. guilerme disse:

    A vida da Rainha Má realmente depende da sua beleza. Eu não sei se você notou em uma cena, porque o filme não deixou muito claro, que quando a Ravenna era a mais bela, sua mãe fez um feitiço com o sangue da filha:
    “Esse feitiço fará a sua beleza lhe dar poder e proteção. Pelo sangue da mais bela foi feito e somente pelo sangue da mais bela pode ser desfeito”.
    A imortalidade e os poderes da rainha dependiam da sua beleza, e ela mantinha essa beleza sugando a juventude alheia, poder esse que a maldição de sua mãe lhe dera.
    Como a Branca de Neve se tornou mais bela, segundo o espelho, Ravenna teria que comer o coração da Branca para quebrar a maldição e se tornar imortal. E é exatamente esse o drama da rainha. Só teria que comer o coração da Branca de Neve e não precisaria guardar a mágoa das vidas que ela tirava. A música tema desse filme, “Breath of Life” explica exatamente as razões da Rainha. É como um viciado em drogas que pode arruinar a vida das pessoas á sua volta procurando a cura do vício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *