Jess

Jess. Simples assim, sem muita firula ou grandes sobrenomes, apenas Jess de Jessica. Mulher, negra, gorda, jornalista e escritora, todo esses amalgamas unidos e condensados em 30 anos de vida. As primeiras letras eram tortas e ao contrário, típica de criança canhota que escreve como o espelho. A primeira criação, muito sem querer, é uma…